Quando pensamentos repetitivos viram paranóia, você se torna refém de si mesmo.

Se você está tendo pensamentos paranóicos – ou pensa que pode estar – há coisas que você pode fazer para se ajudar a lidar com isso.

Quando os pensamentos negaticos se tornam repetitivos, é fácil se perder em paranóias, e pode ser difícil se concentrar nas coisas positivas que estão acontecendo ao seu redor.

Os pensamentos que você alimenta podem fazer com que você se concentre apenas em aspectos negativos da sua vida, e você pode começar a acreditar em coisas que, não são, necessariamente, verdadeiras.

Isso acontece sempre que você se desvia do seu propósito, e para de focar em si mesmo. Quando você começa a se preocupardemais com o mundo, com o futuro e com o que os outros pensam, você se desconecta de si mesmo e se torna um prisioneiro da sua mente.

A paranóia traz sempre uma sensação de que algo não está certo – você começa a ter a impressão de que alguém está falando mal de você, te traindo, ou que você vai perder algo importante em breve.

Ela pode ser provocada por um gatilho de estresse natural do dia a dia, ou pode ser desencadeada por um transtorno mental, psicológico ou espiritual. Se não for tratada, pode causar distúrbios de saúde mental, como ansiedade e depressão.

Os pensamentos negativos possuem o poder de nos causar um medo sem sentido. Ela faz com que a gente se preocupe com coisas que ainda não aconteceram e passamos a sentir essas coisas no presente, como se elas já fossem reais.

LEIA TAMBÉM: O que difere uma pessoa feliz de uma pessoa infeliz é apenas um detalhe: os seus pensamentos.

Para se libertar desse cativeiro onde os pensamentos te prenderam, é fundamental que você procure se aprofundar no autoconhecimento:

1 – Faça um diário

Sempre que você decide escrever o que sente, os pensamentos começam a se organizar e você passa a perceber com mais clareza o que é real e o que não é.

2 – Questione e desafie os pensamentos negativos

Se você está preso no passado ou preocupado com o futuro, você nem percebe quando está alimentando os pensamentos negativos. Portanto, procure estar no presente e sempre que detectar um pensamento negativo, o questione, e o desafie. Refute todas as objeções que eles trouxerem em sua mente. Aos poucos esses pensamentos começam a se dissolver e você sente que, quem está no comando é você.

3 – Peça ajuda

Se você não está conseguindo lidar com a força com que os pensamentos agem em você, procure ajuda profissional. Não existe nada mais eficaz no mundo do que falar sobre os seus sentimentos com quem sabe exatamente como lidar com eles.

4 – Encontre tempo para relaxar

A vida exige constante movimento, e você está sempre correndo, por isso, não percebe quando uma crise está prestes a acontecer. Você precisa separar tempo de qualidade para estar consigo mesmo e apenas, relaxar. Esses momentos são fundamentais para que você se reorganize interiormente e se reabasteça de energia para conseguir lidar com os acontecimentos do dia a dia.

5 – Cuide de si mesmo

Faça exercícios, se alimente bem, tenha uma boa noite de sono, e invista em autoconhecimento.

Priorize-se! Ninguém melhor do que você sabe o que você precisa. As suas necessidades precisam ser atendidas diariamente por você, não delegue a sua felicidade e bem-estar para os outros. Seja você o seu maior compromisso.

Quando pensamentos repetitivos viram paranóia, você se torna refém de si mesmo, e para se libertar, você precisa de ajuda profissional. Me chame no direct @rhamuche, e agende uma consulta individual. Não escolha continuar sofrendo, faça esse movimento de amor por você. Cuide-se!

*DA REDAÇÃO RH. Texto de Robson Hamuche, idealizador do Resiliência Humana, terapeuta transpessoal e Constelador Familiar.

VOCÊ JÁ VISITOU O INSTAGRAM E O FACEBOOK DO RESILIÊNCIA HUMANA?

SE TORNE CADA DIA MAIS RESILIENTE E DESENVOLVA A CAPACIDADE DE SOBREPOR-SE POSITIVAMENTE FRENTE AS ADVERSIDADES DA VIDA.

RECOMENDAMOS









Robson Hamuche é Terapeuta transpessoal com especialização em constelação familiar, compõe a equipe de terapeutas do Instituto Tadashi Kadomoto (ITK). É também idealizador e sócio-proprietário do Resiliência Humana, grupo de mídia dedicado ao desenvolvimento humano, que reúne informação de qualidade acerca de todo o universo do desenvolvimento pessoal, usando uma linguagem leve e acessível.