Quando o respeito acaba, o amor já foi embora faz tempo

Vanelli Doratioto

Dia desses ouvi um marido gritando com a esposa ao telefone. Ele dizia, impaciente, que estava ocupado, que ela devia parar de incomodá-lo. Infelizmente quando se vive por um longo tempo com alguém é preciso recusar as armadilhas do costume. O costume transforma o ótimo e o péssimo em comum.

Dentre outras coisas, aquele homem tinha se acostumado a tratar a mulher daquela forma desrespeitosa. E espero eu que ela não tenha caído na armadilha de também se acostumar com aquilo, aceitando para si tal tratamento. Mas não só o costume tinha entrado em jogo. Com certeza o respeito ali tinha sido enterrado, há tempos, em algum canto indigente.


O primeiro contato que tecemos com o outro sempre acontece tendo o respeito como premissa. Respeitamos o mundo do outro e desejamos ter o nosso mundo respeitado. O amor nasce dessa dinâmica. Ele é sempre respeitoso. Não existe possibilidade de amor onde não existe respeito. O respeito é a chave para o amor. Aquela chave que abre as portas mais fascinantes, aquelas guardadas no fundo da nossa alma.

Quando o respeito acaba é como se o outro quisesse abrir nossas portas a pontapés. A delicadeza da chave confiada é trocada pelos chutes que despedaçam o que a confiança construiu.

Se por ventura a relação que tecemos com o outro padecer de respeito, pode ter certeza que o amor já bateu em retirada há séculos. E não adianta o outro dizer que nos ama, que nos quer bem se o que ele pratica é exatamente o contrário do que diz. Devemos tomar cuidado com a definição que fazemos de amor e olhar para a realidade com firmeza. Incompreensão, impaciência e descaso não podem, nem de longe, ser confundidos com amor.

O respeito é a última esperança de que haja alguma chance de entendimento e alegria em um relacionamento, sem ele, certamente, o amor já deixou de existir e deu lugar ao medo e a outros sentimentos deveras tristes e incapacitantes. Sentimentos estes bem distantes daquilo que merecemos em qualquer relacionamento verdadeiro.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




Vanelli Doratioto
“Palavras são mágicas, são como encantamentos sublimes que nos levam para onde quisermos, seja esse onde um lugar, um conceito ou uma pessoa”. (Vanelli Doratioto) Minha Página no Facebook: (www.facebook.com/vanellidoratioto) Meu instagram: (https://www.instagram.com/vanellidoratioto)

COMENTÁRIOS