“Quando estiver bem cansado que exista amor para recomeçar”

Gabriela Mondelo

Em alguns momentos, o caminho fica difícil…

Nossos pensamentos se tornam negativos, somos tomados por um cansaço que é maior que nós (ou pelo menos, parece ser).

Aquele aperto no peito chama a desesperança, e cada vez mais entramos em uma perspectiva negativa: começamos a nos convencer de que nada vai dar certo mesmo.

Nesses momentos eu digo a mim mesma: agora não é o momento de pensar.

Nada de produtivo sairá de mim.

Esse é o momento de descansar.


De respirar fundo e se permitir dar vazão aos próprios sentimentos.

Será que ao invés de acelerar, não é o momento de esperar?

Esperar o outro dia, quando teremos mais energia.

Quando estivermos nos sentindo mais positivos…

Esperar quando estivermos prontos para adotar uma nova perspectiva.

Entender que não é todo dia que estamos dispostos e otimistas…


Por isso, como diz a música do Frejat, desejo que sempre haja amor para recomeçar.

Amor próprio, para aceitar os próprios momentos de fragilidade.

Amor pela família e/ou amigos, para ter um porto seguro no qual descansar.

E principalmente, amor pelo caminho que escolhemos trilhar. Pois quando o caminho faz sentido, sempre existe amor para recomeçar.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS





COMENTÁRIOS




Gabriela Mondelo
"Por acreditar no potencial das pessoas em evoluir e em se renovar, além de trabalhar como psicóloga clínica, escreve textos sobre auto conhecimento e desenvolvimento pessoal"