Quando alguém quiser sair da sua vida, dê passagem para essa pessoa ir embora.

Iandê Albuquerque

Talvez a saudade incomode um pouco, mas logo passa. Você não precisa nem deve manter quem não quer ficar na sua vida.

Quando alguém ameaçar ir embora, permita que vá, de uma vez por todas. Entenda que é melhor ficar somente quem faz questão de estar ao seu lado. Quando alguém lhe disser: acabou! Tudo bem, você não precisa implorar para que fiquem, muito menos deixar a porta entreaberta na esperança de que um dia voltem para você. Aceite que os finais acontecem.

Deixe um aviso na entrada do seu peito: ”Quem saiu por escolha própria, não entra mais; por amor-próprio”. Quando alguém, um dia, se arrepender de ter saído da sua vida e voltar atrás, será tarde demais.

Quando alguém quiser ir embora, não espere esse alguém voltar e pedir uma nova chance, quando a maior chance que você deu foi de ficar em sua vida e essa pessoa simplesmente preferiu ir.
Disse que estava confusa, que o problema não era você, era com ele (a), que não estava pronto (a) para nenhuma relação agora, que precisava pensar um pouco, e, então, pediu tempo. Um tempo para sumir da sua vida! Portanto, não espere!

Não espere uma pessoa que saiu por aí, conheceu novas pessoas, buscou opções melhores e quando percebeu que ninguém parecia melhor que você, voltou com a cara mais lavada do mundo batendo à sua porta. Não abra!Não espere por alguém que escolheu ir embora a conhecer você, mas quando percebeu que a sua escolha foi ruim, voltou a mandar mensagem falando em saudade.

Não espere por alguém que deixou as suas mensagens para depois, aos poucos foi sumindo dos seus contatos, deixou você geladeira para tirar você de lá quando batesse a carência, e como se nada tivesse acontecido e dia desses ligou para saber como você estava. Não atenda!
Pense assim: se quiser ficar, fique para me fazer rir, para acreditar em mim, para me tirar da rotina.
Se quiser ir, boa sorte, não estou aqui para implorar que ninguém permaneça comigo. Se não quer, que siga o baile.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS


Iandê Albuquerque
Sou recifense, 24 anos, apaixonado por cafés, seriados e filmes, mas amo cervejas e novelas se houver um bom motivo pra isso. Além de escrever em meu blog pessoal e por aqui, escrevo também no blog da Isabela Freitas, sou colunista do Superela e lancei o meu primeiro livro em Novembro de 2014 pela Editora Penalux. .

COMENTÁRIOS