Quando a gente muda, tudo muda. E é aí que a vida começa de verdade.

Busque o equilíbrio interior para que você não mais se incomode com as críticas que fazem a respeito da sua vida. Para que você não se envaideça com os elogios, nem se entristeça com os julgamentos.

Você sempre será o que você é não aquilo que pensam, falam ou acham ao seu respeito.

Você tem consciência de suas imaginações, sonhos, intuições, lembranças, realidade, ou tudo isso parece confundir ainda mais sua vida diária?

Milhares de pessoas levam a vida sem muitos questionamentos. Pode até parecer mais cômodo levar a vida sem muitas reflexões.

Para muitos, analisar as próprias atitudes e comportamentos seria como mexer num vespeiro.

Aqueles que vivem apenas na busca da satisfação de necessidades básicas e primárias, como dinheiro, comida, sexo e trabalho, importam-se no que dizer, fazer e/ou ter, mas raramente conseguem ser.

Alguns vivem apenas para gastar o que ganham, sem se preocupar com uma vida de significado mais amplo. São aquelas pessoas que encontramos depois de anos e tudo permanece igual.

Podem até ter conquistado algum bem material, mas não houve evolução, transmutação ou crescimento interior.

Para aprender a controlar nossos comportamentos, desejos e ações, temos que compreendê-los e analisá-los. Enquanto formos incapazes de exercer algum controle sobre nossas emoções, seremos estranhos a nós mesmos, incapazes de influir sobre o mundo que nos cerca porque não teremos contato com nossa própria realidade interior.


Para conquistar o equilíbrio interior comece fazendo duas coisas:

1- Pense nas coisas que gostava de fazer e não faz mais.

2 – Escreva tudo o que lhe vier à mente e permita sentir as sensações que virão. Não tenha medo.

Os exercícios de autoconhecimento lhe proporcionarão uma maior compreensão de si próprio, e vão fazer com que você entenda as origens de muitos de seus comportamentos. Mas, se você não se sente seguro para fazer isso sozinho peça ajuda no direct @rhamuche, eu posso te ajudar nesse caminho de autoconhecimento e cura interior.

A maior conquista é aquela que obtemos por nossos próprios méritos, porém, muitos não se permitem ir em busca dessa conquista.

Não há apenas conquistas materiais e amorosas, há conquistas ainda mais importantes, como a conquista de sermos melhores, mais capazes e sermos aceitos, antes de tudo, por nós mesmos.

Conhecer a si mesmo é uma conquista extraordinária.

Quando conseguirmos nos olhar no espelho, ver nossa imagem refletida e sentir o que há realmente dentro de nós, sem precisarmos desviar o olhar, com certeza estaremos no caminho do crescimento interior.

E a partir daí percebemos que nada daquilo que nos incomodava e nos fazia sofrer possuem tanta importância, e começamos a dar mais sentido a nossa vida através da nossa mudança interior.

Quando a gente muda, tudo muda. E nossa vida começa de verdade.

*DA REDAÇÃO RH. Texto de Robson Hamuche, idealizador do Resiliência Humana, terapeuta transpessoal e Constelador Familiar. Foto de Batel Studio no Unsplash.

VOCÊ JÁ VISITOU O INSTAGRAM E O FACEBOOK DO RESILIÊNCIA HUMANA?

SE TORNE CADA DIA MAIS RESILIENTE E DESENVOLVA A CAPACIDADE DE SOBREPOR-SE POSITIVAMENTE FRENTE AS ADVERSIDADES DA VIDA.

RECOMENDAMOS









Robson Hamuche é Terapeuta transpessoal com especialização em constelação familiar, compõe a equipe de terapeutas do Instituto Tadashi Kadomoto (ITK). É também idealizador e sócio-proprietário do Resiliência Humana, grupo de mídia dedicado ao desenvolvimento humano, que reúne informação de qualidade acerca de todo o universo do desenvolvimento pessoal, usando uma linguagem leve e acessível.