Qual é a relação entre força de caráter e resiliência?

Força de caráter e resiliência definem um tipo de personalidade que impressiona. São pessoas com grande força para enfrentar a adversidade, são firmes em seus propósitos e têm seus limites claros, mas demonstram uma grande sensibilidade.

Resiliência Humana

Por: A Mente é Maravilhosa

Força de caráter e resiliência têm um vínculo muito íntimo. Este tipo de perfil define aquelas pessoas que sabem como encarar sua realidade; aquelas cujas forças surgem dia após dia para lidar com a adversidade com firmeza. Além disso, nelas não há grosseria, elas não oprimem, muito pelo contrário. São corações sensíveis cobertos com couraças brilhantes capazes de nos dar o melhor delas.

Às vezes, o termo “personalidade forte” pode nos confundir. Quase instantaneamente, visualizamos alguém cuja personalidade se impõe com certa autoridade, estabelecendo limites e reivindicando direitos. No entanto, a psicologia, há algum tempo, vem estudando este tipo de comportamento para nos prover mais informações.

Rachana Kamtekar, professora de filosofia da Universidade de Cornell, explica que, assim como Aristóteles revelou em A Ética a Nicômaco, ser virtuoso na vida não significa apenas “ser bom”. Implica algo mais. Significa, por exemplo, saber o que é realmente bom em nosso mundo, quais caminhos tomar e quais evitar; uma habilidade que requer firmeza. É necessário desenvolver uma força de caráter com a qual nos movemos no dia a dia cuidando desta virtude, desta clareza de mente e coração.

Além disso, embora no campo do desenvolvimento pessoal digam muitas vezes que para superar as dificuldades é preciso manter o otimismo e a esperança, na realidade há outras dimensões fundamentais; elementos como uma personalidade firme capaz de aceitar as dificuldades e os altos e baixos que surgem ao longo do ciclo vital. É ter atitude, solvência emocional e propósitos claros.

“Os maus momentos têm valor científico. São ocasiões que um bom aluno não perderia”.
-Ralph Waldo Emerson-

Características das pessoas com força de caráter e resiliência

O conceito de resiliência implica múltiplas áreas dentro da psicologia. Sabemos, por exemplo, de sua relevância quando se trata de lidar com traumas. Entendemos também sua grande importância quando se trata de nos ajudar a lidar com o estresse. No entanto, é curioso saber como uma ideia tirada do campo da física dá forma a um conceito paralelo em muitos campos, incluindo a psicologia.

A nível social, estudos como o realizado pelo Dr. Carl Folke, da Universidade de Wisconsin (Estados Unidos), falam ainda daquelas sociedades mais resilientes que souberam encarar as mudanças não somente se adaptando a elas, mas também utilizando-as para gerar novos modos de vida, de trabalho, de recursos sociais. A nível pessoal, em cada ser humano acontece o mesmo. No entanto, o canal que nos impulsiona a isso é a força de caráter.

Força de caráter e resiliência têm um vínculo íntimo e direto que muitos desconhecem e que é necessário esclarecer. Assim, o psicólogo Jamie D. Aten, especializado em desastres humanitários, descreve em que consistem estas dimensões.

Não é apenas otimismo, é capacidade de encarar a realidade, seja qual for
É comum associar a resiliência à psicologia positiva. No entanto, há quem veja nesta dimensão uma nuance que devemos ter em mente. Às vezes, quem se prende a aplicar uma atitude positiva nem sempre está em contato com as exigências reais de cada situação. Ainda mais, é possível que não as aceite.

De alguma forma, nos educaram ou venderam tanto a ideia de ser felizes e otimistas que nos tornamos intolerantes diante de perdas, erros e tristeza. A pessoa com uma personalidade forte, por outro lado, vê as coisas como elas são. Força de caráter e resiliência andam de mãos dadas, porque convidam a ver, a aceitar e a enfrentar os obstáculos que se projetam no horizonte.

A coragem para encarar a realidade é o que nos dá impulso e força autêntica.

Esperança orientada para objetivos claros

A pessoa com personalidade forte pode incomodar. Ela frequentemente faz uso da sinceridade e da determinação; deixa claro o que não quer, o que não gosta e suas necessidades. No entanto, como indicamos no início, elas não oprimem nem desrespeitam ninguém, porque neste perfil há sensibilidade e uma grande empatia.

É definida por uma esperança orientada para objetivos claros. Não se trata de uma confiança abstrata depositada no fato de que as coisas, por mais difíceis que sejam, serão resolvidas por pura inércia. De forma alguma. Em suas mentes, a esperança é baseada em metas a serem alcançadas, em passos a serem superados, em dificuldades a aprender a superar por si mesmo, tendo valores e propósitos claros.

A força de caráter e a resiliência chamam a atenção porque aludem a personalidades que projetam segurança. Às vezes impõem, mas sempre deslumbram. Além disso, como nos explica um estudo realizado por Martin Seligman, treinar estas capacidades favoreceria nosso bem-estar em todos os contextos de nossas vidas.

Pensemos sobre isso. Todos nós conhecemos alguém que combina força de caráter e resiliência. Aquela mãe a frente de uma família sozinha; aquele pai sem tempo pois faz tudo pelos filhos; aquela amiga tão determinada a realizar seus sonhos, mas que sempre é acessível, próxima e uma parte indispensável da nossa vida. Todos eles nos inspiram porque trilham seu caminho com força e felicidade.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS







COMENTÁRIOS




Resiliência Humana
Bem-estar, Autoconhecimento e Terapia