Primeira Ministra da Nova Zelândia teve que recuar e reconhecer que ainda não venceu o vírus!

Resiliência Humana
primeira-ministra-da-nova-zelandia-teve-que-recuar-e-reconhecer-ainda-nao-vencemos-o-virus

A primeira-ministra da Nova Zelândia teve que recuar da declaração de que teria eliminado o vírus no país e disse que a informação equivocada foi uma confusão ocasionada pelo jargão técnico.

A primeira-ministra Jacinda Ardern fez uma declaração ministerial durante a primeira sessão da Câmara desde o fechamento do Parlamento em 28 de abril.

Um dia depois que meios de comunicação internacionais como CNN e The Daily Mail publicaram manchetes dizendo que a Nova Zelândia havia “eliminado” o coronavírus, o governo teve que voltar atrás, citando o jargão técnico da confusão.

A confusão ocorreu depois que a diretora geral de saúde da Nova Zelândia, Dra. Ashley Bloomfield, respondeu a pergunta sobre se havia sido eliminado o vírus no país.

Ela disse:

“Conseguimos [eliminação] através do nível de alerta 4.”

A primeira-ministra Jacinda Ardern acrescentou que a Nova Zelândia “atualmente” eliminou o vírus.

Bloomfield disse a repórteres na terça-feira:

“Posso apenas esclarecer que não o eliminamos nem o erradicamos”.

Enquanto Ardern acrescentou:

“Eliminação não significa zero casos … teremos que continuar carimbando o Covid até que haja uma vacina”.

Em 29 de abril, a Nova Zelândia teve 1.472 casos, com 19 mortes, de acordo com dados da Universidade Johns Hopkins.

A Nova Zelândia teve que retroceder alegações de que havia eliminado o coronavírus, culpando o jargão técnico pela confusão internacional.

Na terça-feira, a Nova Zelândia facilitou um bloqueio nacional de um mês. Enquanto os moradores faziam fila para levar comida para fora ou visitavam parentes, meios de comunicação internacionais como CNN e The Daily Mail publicavam manchetes dizendo que a Nova Zelândia “eliminou” o coronavírus.

Mas o coronavírus só foi “eliminado” de acordo com as diretrizes de bloqueio mais severas do país.

A confusão ocorreu depois que a diretora-geral de Saúde, Dra. Ashley Bloomfield – resposta da Nova Zelândia ao Dr. Anthony Fauci – disse: “conseguimos [eliminação] através do nível de alerta 4.”

E a primeira-ministra Jacinda Ardern acrescentou que o coronavírus foi “atualmente” eliminado.

No dia seguinte, Bloomfield disse a repórteres que perguntaram se ele estava preocupado em dar ao mundo uma impressão falsa, além de potencialmente fazer com que os habitantes locais diminuíssem o distanciamento social:

“Só posso esclarecer que não o eliminamos e não erradicamos, só isto.”

Ardern acrescentou que se tratava de uma situação decorrente de confusão sobre a terminologia epidemiologista.

“Eliminação não significa zero casos … teremos que continuar eliminando o COVID até que haja uma vacina”, disse ela, de acordo com a RNZ , uma estação de rádio de propriedade pública.

*Tradução e adaptação REDAÇÃO RH. Com informações Insider

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS






COMENTÁRIOS




Resiliência Humana
Bem-estar, Autoconhecimento e Terapia