Preste atenção: o amor da sua vida mora ao lado!

Adyla Maciel

Já parou para pensar que você está gastando a sola do seu sapato à toa, caminhando léguas à procura do amor da sua vida, de uma companheira ou companheiro que estará do seu lado na guerra e na paz, na saúde e na doença?

Já parou para pensar que ninguém é perfeito? A exigência para ter glamour, requer um toque de tolerância.

O amor da sua vida pode ser quem você menos espera, aquela pessoa da infância, aquele menino que jogava bola na janela da sua avó, aquela que foi sua melhor amiga da terceira série também pode ser o amor da sua vida! E você aí procurando no Tinder, em festas de rodeios, vaquejadas, shows de cantores sertanejos, e ele está bem na sua frente, basta olhar para o lado!

O amor da sua vida está mais perto do que você imagina! Pode ser sua vizinha de rua, de porta, pode ser o menino com cara de bobo que mora no quarto andar e fica tocando bateria até de madrugada. O amor da sua vida pode ser aquele colega de faculdade que vive fazendo piadinhas com você, pode ser aquela menina que o acompanha todos os dias no refeitório, e também pode ser a moça que aferiu sua pressão naquele dia em que você foi doar sangue. Quem sabe não é aquele bonitinho que o atende todas as manhãs no balcão da padaria?

Isso não significa que você deve se atirar para todos os lados ou entrar em paranoia, paquerando Deus e o mundo. Significa que você deve prestar mais atenção nas emoções e atitudes de outras pessoas, significa que você deve tirar a venda dos olhos e abraçar o evidente.

A gente nunca sabe, a gente nunca vai saber, porque estamos totalmente desligados da vida real, pensando sempre em algo distante, idealizando o príncipe ou a princesa encantada.

Até os príncipes da Inglaterra enfrentam seus dilemas, suas pequenas crises, ou você acha que a vida deles é perfeita?

Olhe para frente, olhe para quem estar ao seu lado, dê uma chance ao seu coração, ele quer lhe mostrar coisas que você nunca imaginou!

Prestar atenção ao que acontece ao seu redor é estar com as anteninhas ligadas, e quando o amor passar, ela vai acender, como as anteninhas do Chapolin Colorado!

Preste atenção, repare bem como sua melhor amiga o olha, veja o quanto ela é divertida, elegante, brincalhona e confidente, será se não daria uma incrível namorada?

Tire suas próprias conclusões, não precisa ir para as Arábias, atravessar o oceano, porque o amor da sua vida pode ser alguém que frequenta a sua casa, é aquele ou aquela que sempre o escuta.

Escolha sempre a melhor pessoa para estar ao seu lado, mas tire da cabeça a ideia de que encontrará um sapatinho de cristal ou que um cavalo branco estará lhe esperando na porta da igreja ou da balada.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS







COMENTÁRIOS




Adyla Maciel
Ádyla Maciel é educadora, autora do livro infantil “Amin e os livros mágicos”e do livro de poesia “ Andar de passarinho” contista, poeta, cronista, é autora e coordenadora da coletânea “Voz- poesia falada, participa de inúmeras coletâneas dentro e fora do Brasil. É feminista Produtora cultural. Apaixonada por cinema, literatura, música e gastronomia.