Praticar a resiliência é mais do que resistir. É cumprir com os desígnios de Deus.

Luciano Cazz

A maior e mais importante qualidade do ser humano é a resiliência. É a única força capaz de nos manter longe de tudo que faz mal, além de nos trazer a certeza de que jamais desistiremos de ser feliz. É força que impulsiona a evolução da nossa alma. É preciso resistir sempre, principalmente:

1- Na dor
Uma demissão inesperada, a perda da casa, de um amor ou uma tragédia com um ente querido pode despedaçar qualquer coração. E para manter o equilíbrio, não deixando que a dor assuma o comando da sua vida e lhe faça desistir, é preciso muita resiliência.


2- Na dificuldade financeira
Geralmente é o momento em que a maioria nos vira as costas. Em um mundo capitalista, é impossível sobreviver dignamente sem dinheiro. As provações pelas quais passamos são muito duras. Para acreditar que é possível mudar a situação e manter a serenidade de lutar de forma honesta para dar a volta por cima, requer-se bastante resiliência.

3- Na fragilidade do caráter
É quando ninguém está vendo que reside nossa maior prova de resiliência no que se refere à índole. Ser honesto quando não existem testemunhas ou ser justo quando o prejudicado somos nós mesmos é uma atitude que requer pulso firme, afinal somos humanos. A malandragem sempre será o caminho mais fácil, por isso é necessário resiliência para se manter o bom caráter.

4- Na dieta
Mais do que estética, alimentar-se bem é uma questão de saúde. É preciso todo cuidado agora para que nosso corpo não sofra as consequências no futuro. Por isso resistir a qualquer coisa de chocolate, ao refrigerante ou a um hambúrguer de bacon pode ser tão difícil quanto devolver uma mala com 1 milhão de reais. Haja resiliência!

5- Na maldade
O ódio é o sentimento mais destruidor que existe no nosso mundo. É nos momentos de raiva que fazemos as piores coisas da nossa vida. Do ódio é proveniente o desejo de vingança, o rancor e os ressentimentos que são válvulas impulsionadoras da maldade. O ímpeto geralmente é muito intenso, mas nós precisamos ser mais fortes ainda e resistir. Inabalável resiliência é a chave.


6- Na sensualidade
As tentações da carne são muitas. E, sendo a libido nosso instinto mais forte e persistente, às vezes, fica muito difícil resistir às possibilidades promíscuas e vazias que aparecem no nosso caminho. E quando a carência se une com a vontade física, é preciso muita resiliência para não colocar nosso corpo, que é a morada que Deus deu a nossa alma, em uma situação esdrúxula.

7- Na cura
Quando alguma enfermidade ou limitação física acontece é preciso aprender a contornar todos os obstáculos que irão surgir e ser resiliente na luta contra a saúde e o bem-estar físico. Ficar doente é purificar a alma e ter alguma deficiência física é expiar carmas, então resista. Quando tudo acabar você certamente terá as respostas para o que aconteceu e irá orgulhar-se da sua resiliência.

8- No temperamento
Ainda somos muito sensíveis ao encarar críticas ou entender que nem tudo será do jeito que a gente quer e pensa. E essa inconformidade, geralmente, atrapalha nosso dia a dia e afasta muitas pessoas quando perdemos o controle e reagimos de uma forma grosseira. Através da resiliência, precisamos ser mais compreensivos e mais pacientes e evitar excessos de temperamento.

É preciso resistir a tudo que nos tira do nosso principal objetivo que é busca de plenitude. Ninguém vive com a alma em paz sem resiliência. Estamos aqui nesse mundo para expiar carmas do passado, então, quando o universo nos manda uma dor, uma dificuldade ou uma tragédia, ele está, na verdade, nos enviando um aprendizado que demanda compreensão e superação para que nossa evolução se dê forma efetiva nesse mundo e nossa alma alcance as dádivas divinas que tanto buscamos. Nunca chegará até você algo que não seja capaz de lidar. Por isso, resista! Pois assim, estará vencendo as provações no seu caminho. É quando a gente realiza os desígnios de Deus, que realmente damos sentido a nossa vida e fazemos jus a nossa missão nesse mundo. Portanto, resiliência sempre! Você pode!

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS


Luciano Cazz
"Luciano Cazz é publicitário, ator, roteirista e autor do livro A Tempestade depois do Arco-íris."

COMENTÁRIOS