As pessoas que são realmente boas que moram nesse planeta e que eu conheço não fazem essas 5 coisas:

Iara Fonseca

As pessoas que são realmente boas que moram nesse planeta e que eu conheço não fazem essas 5 coisas:

Não julgam ☺️
Não subjugam👩🏻
Não possuem preconceitos🤷🏻‍♀️
Não colonizam 👌
E não matam 🙏

Pessoas boazinhas fingem tanto que vivem cheias de dores… e por que fingem tanto?… por não saberem quem são… por isso fingem tanto… vivem um personagem”! Devaneios da minha mente sem limites a parte, as pessoas boazinhas podem sentir que estão sendo injustiçadas diante de tanta bondade! Porém a bondade que podem fazer e que está ao alcance de um abraço não fazem! Ou fazem reclamando, passando a aquele que ajudaram o quão difícil foi… 😩

As pessoas realmente boas sentem com os outros! Isso é conhecido como empatia, mas para muitos não passa de mimimi. Boas almas possuem as 4 emoções equilibradas e ativas como os países que possuem as 4 estações bem definidas! 😸

Vivenciam tristeza, medo, raiva e alegria! E entendem que só quando o outro se permite vivenciar a fundo cada uma dessas emoções é que o autoconhecimento aflora! 🧘🏻‍♀️

Sabem que não deve-se reprimir nenhuma delas, e vivenciam intensamente até a última gota, mas possuem a sabedoria de abandonar uma a uma, antes que elas pudessem se transformar em sentimentos como rancor, mágoa, ansiedade, depressão! 😢

Aprenderam através do autoconhecimento a deixar aflorar as emoções, mas a também deixar dispersar uma a uma, com a tomada de consciência através do amor. Porque a vida quer que você saiba escolher a pedra certa mesmo quando a trilha estiver pesada… 💆🏾‍♂️

Assim nascem os fortes! Diriam… as pessoas que realmente são boas…

Quando o medo se apresenta, logo a raiva o dissipa com toda aquela força de querer mudar o mundo e tudo ao redor pra melhor! Em minutos depois da raiva, como se parecessem uma eternidade, deixam a tristeza tomar conta com toda a intensidade de folhetins mexicanos… por alguns minutos ou horas, que não passam de um dia… com os olhos lavados… conseguem enxergar claro a alegria que é tudo isso! 😍

Sentir só é maravilhoso quando aprendemos a ter inteligência emocional a ponto de visitar as emoções com respeito e aprender com elas! Só assim nos tornamos bons… O bom não é bom o tempo todo, ele também sente raiva, também sente medo e tristeza, não fingem não sentir, sentem e pronto e até por isso conseguem aprender com essas emoções. Os que se acham perfeitamente bons, mas ainda são apenas “bonzinhos”, afagam de um lado, fingindo serem bons, e do outro, torcem para bandido morrer, para mulheres feministas serem estupradas e para petistas serem metralhados…

Os realmente bons sabem que cada emoção nos traz um grande aprendizado, mas que não podemos nos demorar, devemos procurar ajuda a qualquer sinal de perigo, senão, podem se transformar em grandes transtornos, tanto físicos, quanto mentais, desencadeando síndromes diversas como a do pânico e de borderline… fobias… fibromialgia, e tantas outras doenças que só se “cura” com alma limpa!

As pessoas boas cuidam e vigiam as suas emoções, sem que tenham que se esconder atrás de uma “persona boazinha”, não querem ser aqueles que estão sempre certos e que se vitimizam… eles apenas se afastam daqueles que possuem uma visão egoísta perante a vida, principalmente daqueles que projetam uma figura agressiva.

Você anda queixando de dores e elas não te largam… Não, já deu! Vira o disco!

Ser autêntico é o melhor dos presentes de Deus! Deixe as suas emoções fluírem e não se machuque insistindo em ficar ao lado de pessoas que não te fazem bem!

A vida tá tão louca né minha gente, ou ela sempre foi, é, sempre foi!

Então melhor seria parar de querer se fazer de boazinha/o, uma falsa vaga sensação de amor… Parem!

Abandonem essa máscara de pessoas boazinhas hoje mesmo!

Amor com amor se paga! Cobranças… E julgamentos… também são dívidas pendentes, não se enganem!

Quer um conselho? Eu dou de graça:

Cuide das suas emoções! Antes que elas prejudiquem profundamente os outros, mais do que já prejudicam a “ti”!

Iara Fonseca
❤️

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS





COMENTÁRIOS




Iara Fonseca
Jornalista, poeta, educadora social, fundadora e editora de conteúdo do Rede de Ideias: PRODUÇÃO DE CONTEÚDO. Seu interior é intenso, sempre foi, transforma suas angustias em textos que ajudam muito mais a ela própria do que a quem lê. As vezes se pega relendo seus textos para tentar colocar em prática aquilo que, ela mesma, sabe que é difícil. Acredita que viemos aqui para aprender a ser, a cada dia, um pouco melhor, para si mesmo, e para o outro!