POR QUE HOMENS E MULHERES BUSCAM A FIGURA PATERNA OU MATERNA NAS RELAÇÕES AFETUOSAS?

Jackson César Buonocore

É natural que homens e mulheres busquem relações virtuais ou diretas em suas vidas, com o objetivo de encontrar uma pessoa para ficar ou namorar, viver juntas ou casar. Também é normal escolher alguém com características paternas ou maternas, no sentido do cuidado e do respeito. São as memórias positivas de cada um, que irão compor o roteiro de uma relação afetuosa.

Quando essas relações saem da normalidade, é porque alguns indivíduos na infância não superaram de modo satisfatório a fase do Complexo de Édipo. E na vida adulta acostumou-se a reproduzir com os parceiros ou parceiras a mesma relação que tiveram com os pais, que geralmente foram ou ainda são tensas e ambíguas.

Não vamos entrar no aprofundamento dessa teoria freudiana. Entretanto, constatamos a partir da prática psicanalítica, que o Complexo de Édipo não elaborado adequadamente se constitui a principal fonte de problemas nos relacionamentos entre os casais.

A superação dos conflitos maternos ou paternos é fundamental para suplantar de modo saudável o Complexo de Édipo. Mas os homens e mulheres que não realizaram esse processo na infância têm a tendência de trazer as dores e as experiências sofridas com os pais para a dinâmica das relações afetivas.

Então, as escolhas que os sujeitos fazem dos seus parceiros ou parceiras têm uma vinculação direta com o relacionamento com os pais. É porque simbolicamente ainda não foi cortado o “cordão umbilical” com os progenitores ou cuidadores, que substituíram a falta da figura materna ou paterna.

Assim,: “Pare de me dizer essas coisas! Parece minha mãe.” “Quando você não me dá atenção, isso me lembra o meu pai”. “Não quero mais ficar contigo. Essa relação me sufoca, já vivi essa situação com os meus pais.”

Contudo, essas pessoas possuem todas as condições de procurar auxílio psicoterapêutico, que permitirá que os desentendimentos com os pais sejam resolvidos ou reconciliados na medida de cada sofrimento ou desamparo vivenciado na infância, pois como disse o escritor, Gabriel García Márques: “Os filhos herdam as loucuras dos pais.”

Portanto, o melhor caminho e ir ao encontro do amor próprio, como condição de amar alguém e a garantia de sair da prisão inconsciente do Completo Édipo. E no tempo certo os encontros e reencontros – na busca do parceiro ou parceira – serão vividos sem as cargas e as cobranças do passado.

Enfim, cuidar e amar a si mesmo serve como ponto de equilíbrio para perdoar os pais, como nos ensinou o escritor e pedagogo, Allan Kardec: “Certos pais, é verdade, descuidam de seus deveres, e não são para os filhos o que deviam ser. Mas é a Deus que compete puni-los, e não aos filhos.”

Assista:

Uma Reflexão Extraordinária

"Reconcilia-te contigo, coloca-te frente ao espelho e pensa que esta criatura que vês, é uma obra de Deus, e decide neste exato momento ser feliz, porque a felicidade é uma aquisição.Aliás, a felicidade não é um direito, mas um dever; porque se não fores feliz, estarás levando amargura para todos os teus vizinhos."…………Uma Reflexão ExtraordináriaNão estás deprimido, estás distraído.Distraído em relação à vida que te preenche, distraído em relação à vida que te rodeia, golfinhos, bosques, mares, montanhas, rios.Não caias como caiu teu irmão que sofre por um único ser humano, quando existem cinco mil e seiscentos milhões no mundo. Além de tudo, não é assim tão ruim viver só. Eu fico bem, decidindo a cada instante o que desejo fazer, e graças à solidão conheço-me. O que é fundamental para viver. Não faças o que fez teu pai, que se sente velho porque tem setenta anos, e esquece que Moisés comandou o Êxodo aos oitenta e Rubinstein interpretava Chopin com uma maestria sem igual aos noventa, para citar apenas dois casos conhecidos.Não estás deprimido, estás distraído. Por isso acreditas que perdeste algo, o que é impossível, porque tudo te foi dado. Não fizeste um só cabelo de tua cabeça, portanto não és dono de coisa alguma. Além disso, a vida não te tira coisas: te liberta de coisas, alivia-te para que possas voar mais alto, para que alcances a plenitude. Do útero ao túmulo, vivemos numa escola; por isso, o que chamas de problemas são apenas lições. Não perdeste coisa alguma: aquele que morre apenas está adiantado em relação a nós, porque todos vamos na mesma direção. E não esqueças, que o melhor dele, o amor, continua vivo em teu coração.Não existe a morte, apenas a mudança. E do outro lado te esperam pessoas maravilhosas: Gandhi, o Arcanjo Miguel, Whitman, São Agostinho, Madre Teresa, teu avô e minha mãe, que acreditava que a pobreza está mais próxima do amor, porque o dinheiro nos distrai com coisas demais, e nos machuca, porque nos torna desconfiados. Faz apenas o que amas e serás feliz. Aquele que faz o que ama, está benditamente condenado ao sucesso, que chegará quando for a hora, porque o que deve ser será, e chegará de forma natural. Não faças coisa alguma por obrigação ou por compromisso, apenas por amor. Então terás plenitude, e nessa plenitude tudo é possível sem esforço, porque és movido pela força natural da vida. A mesma que me ergueu quando caiu o avião que levava minha mulher e minha filha; a mesma que me manteve vivo quando os médicos me deram três ou quatro meses de vida.Deus te tornou responsável por um ser humano, que és tu. Deves trazer felicidade e liberdade para ti mesmo. E só então poderás compartilhar a vida verdadeira com todos os outros. Lembra-te: "Amarás ao próximo como a ti mesmo". Reconcilia-te contigo, coloca-te frente ao espelho e pensa que esta criatura que vês, é uma obra de Deus, e decide neste exato momento ser feliz, porque a felicidade é uma aquisição.Aliás, a felicidade não é um direito, mas um dever; porque se não fores feliz, estarás levando amargura para todos os teus vizinhos.Um único homem que não possuiu talento ou valor para viver, mandou matar seis milhões de judeus, seus irmãos.Existem tantas coisas para experimentar, e a nossa passagem pela terra é tão curta, que sofrer é uma perda de tempo. Podemos experimentar a neve no inverno e as flores na primavera, o chocolate de Perusa, a baguette francesa, os tacos mexicanos, o vinho chileno, os mares e os rios, o futebol dos brasileiros, As Mil e Uma Noites, a Divina Comédia, Quixote, Pedro Páramo, os boleros de Manzanero e as poesias de Whitman; a música de Mahler, Mozart, Chopin, Beethoven; as pinturas de Caravaggio, Rembrandt, Velázquez, Picasso e Tamayo, entre tantas maravilhas.E se estás com câncer ou AIDS, podem acontecer duas coisas, e ambas são positivas: se a doença ganha, te liberta do corpo que é cheio de processos (tenho fome, tenho frio, tenho sono, tenho vontades, tenho razão, tenho dúvidas)Se tu vences, serás mais humilde, mais agradecido… portanto, facilmente feliz, livre do enorme peso da culpa, da responsabilidade e da vaidade, disposto a viver cada instante profundamente, como deve ser. Não estás deprimido, estás desocupado.Ajuda a criança que precisa de ti, essa criança que será sócia do teu filho. Ajuda os velhos e os jovens te ajudarão quando for tua vez. Aliás, o serviço prestado é uma forma segura de ser feliz, como é gostar da natureza e cuidar dela para aqueles que virão.Dá sem medida, e receberás sem medida.Ama até que te tornes o ser amado; mais ainda converte-te no próprio Amor. E não te deixes enganar por alguns homicidas e suicidas. O bem é maioria, mas não se percebe porque é silencioso. Uma bomba faz mais barulho que uma caricia, porém, para cada bomba que destrói há milhões de carícias que alimentam a vida.Facundo CabralInterprretação: Silvio Matos

Posted by Mensagem Espírita on Saturday, July 21, 2018

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




Jackson César Buonocore
Sociólogo e Psicanalista

COMENTÁRIOS