Policial consegue doações para mulher que vendia balas no sinal com a filha em uma caixa de papelão!

A situação da família foi registrada pelo policial Derineudo, que se prontificou a ajudar Jessica e seus filhos a melhorar as condições de vida.

O policial militar Derineudo de Souza, é um homem preocupado em minimizar a dor e o sofrimento do máximo de pessoas que ele conseguir, principalmente, nesse momento de pandemia, onde muitas pessoas perderam seus empregos e estão em situação vulnerável.

Ele mostrou recentemente em seu Instagram a história de Jessica e seus quatro filhos. A mãe, que vende balas, gomas e bombons na rua para garantir sua renda diária e precisa levar todos os filhos com ela porque não tem quem fiquem fique com eles em casa.

Muito humilde e educada, Jessica se apresenta com um sorriso na câmera de Derineudo, assim como as crianças, dispostas a aparecer. O caçula, um bebê de dois meses, fica dentro de uma caixa de papelão, enquanto a mãe trabalha, já que ela não tem condições de comprar um carrinho.


Direitos autorais: reprodução Instagram/@derineudo.

A renda que faz na rua serve para complementar o dinheiro que o marido açougueiro põe em casa, e que não é suficiente. Ela tem o sonho: montar um espaço de artesanato, onde possa fazer suas peças e não precisar mais vender balas na rua.

Com apenas 29 anos, Jessica busca fazer o que está ao seu alcance para garantir que seus filhos tenham alimento e dignidade, vivendo todos de maneira honesta.

Ao conhecer a história de Jéssica, esse policial decidiu ir até a casa da família, em Rio Branco, capital do Acre, ao chegar lá se deparou com uma triste realidade. Essa foto mostra um pouco como vivem os seis integrantes.

casa-mae-vendia-balas-com-filha-em-caixa-de-papelaoDireitos autorais: reprodução Instagram/@derineudo.

Jessica explica que trabalhava com artesanato, mas a atual crise sanitária e econômica fez com que grande parte de suas vendas caísse e sua renda não fosse mais suficiente para manter a produção.

Ele queria ajudar a família, então levou muitas doações, como fraldas, alimentos não perecíveis, entre outros itens essenciais.

bebe-dorme-em-caixa-de-papelao
Uma publicação compartilhada por Derineudo de Souza (@derineudo)

Os internautas, assim que souberam da história de Jessica e sua família pelo Instagram de Derineudo, decidiram ajudá-la e estão mobilizando uma vaquinha on-line. Até o momento, a arrecadação foi um sucesso, e eles já garantiram 17% a mais que o valor pretendido.

A meta era alcançar R$ 40 mil neste mês, eles já conseguiram cerca de R$47 mil, e ainda faltam 18 dias para o prazo se encerrar.

vende-balas-no-sinal-enquanto-filha-ficava-em-caixa-de-papelao
Direitos autorais: reprodução Instagram/@derineudo.

A realidade de Jéssica é a mesma de muitas pessoas em nosso país, muitas vezes, basta um compartilhamento para que mudemos totalmente a realidade de uma família, faça isso!

Assista o desenrolar da história contada pelo bom policial:

Faça o que tiver ao seu alcance, mas faça! Não acredite que você só poderá ajudar quando for rico ou milionário! Você pode muito através da mobilização aqui nas redes e em seu bairro, externe a sua bondade interior!

*DA REDAÇÃO RH. Com informações @derineudo

VOCÊ JÁ VISITOU O INSTAGRAM E O FACEBOOK DO RESILIÊNCIA HUMANA?

SE TORNE CADA DIA MAIS RESILIENTE E DESENVOLVA A CAPACIDADE DE SOBREPOR-SE POSITIVAMENTE FRENTE AS ADVERSIDADES DA VIDA.

RECOMENDAMOS









Bem-estar, Autoconhecimento e Terapia