Pior que o inimigo que te ataca é o falso amigo que te abraça.

Luciano Cazz

Às vezes, os amigos mudam, deixam de ser aqueles leais companheiros que um dia conhecemos, mas, em outras ocasiões, somos nós que amadurecemos. Nossa alma evolui e nos tornamos mais exigentes em relação às amizades que gostaríamos de manter. Então, quando o laço vira nó, é preciso cortar para desapertar.

1. Ingratos

A amizade não exige laços de sangue. O que fazemos pelos amigos é por puro carinho, amor. Então, quando aquele amigo que ajudamos vira as costas para a gente, o coração se despedaça. Dói, mas também é um aviso de que é chegada a hora de deixar ir.


2. Duas caras
Amigos que são uma coisa na sua frente e outra quando você sai não são amigos de verdade. Essa é a atitude típica de pessoas egoístas e interesseiras. Elas agregam uma energia ruim a sua vida. Você merece amigos com mais qualidade. Livre-se dos falsos.

3. Cometem o mesmo erro várias vezes
Todo mundo falha, até quem estimamos, porém, a lógica é aprender com os erros. Se um amigo se acostuma a falhar, falta-lhe consideração pela amizade e ele perde importância. Para evitar uma nova decepção, devemos seguir caminhos diferentes.

4. Estão presentes só nos momentos de alegria
De nossas conquistas originam-se os louros, os quais devemos dividir com as pessoas que nos ajudaram no caminho até lá. O amigo que lembra da gente apenas quando estamos por cima não merece participar do brinde. Aliás, não deve ter nem espaço em nossas vidas.

5. Está presente apenas nos momentos difíceis
Pode ser estranho, mas devemos nos afastar dos amigos que estão presentes apenas nos momentos difíceis, já que, se eles não conseguem vibrar com nossas vitórias, provavelmente, nossa felicidade os incomoda. Talvez, inconscientemente, nossa dor até os faça sentir bem. Esses não são os amigos que precisamos ao nosso lado.

6. Abusam da boa vontade
Ajudar é essencial em uma amizade, mas existem aqueles que vão além do limite da boa vontade. E podem até transferir a responsabilidade dos seus problemas e compromissos para nós. E se, quando é a sua vez de pedir, ele dá uma desculpa e não ajuda, é hora de se afastar.

7. Revelam seus segredos
Aquela pessoa que revela suas questões íntimas e seus segredos nunca deveria ser chamada de amigo(a). Cumplicidade é um valor de ouro inerente à amizade e uma traição dessa forma fere não só a relação, mas também o caráter de quem falou mais do que deveria.

8. Julgam equivocadamente
Em primeiro lugar, amigo não julga, apoia. Pode até discordar, xingar, descabelar-se, mas sempre ao lado. Amigo que julga, sem saber das suas intenções, e, ainda, interpreta errado suas atitudes e palavras, não merece sentar na cadeira da amizade.


9. Que nunca apoiam
Alguns amigos estão sempre dispostos a ajudar, mas quando a situação aperta mesmo, são os primeiros a sumirem sob justificativas esfarrapadas. Você precisa ter ao seu lado pessoas com quem realmente possa contar, portanto, é hora de dar adeus a quem nunca o ajudou de verdade.

10. Atrasam sua vida
Amigos que nos colocam para baixo ou nos desestimulam a seguir em frente são companhias inadequadas. Pessoas desorganizadas que sempre atrasam sua vida ou aquelas irresponsáveis que estão sempre colocando você em confusão, também merecem distância. Bons amigos agregam sempre coisas positivas a nossas vidas.

Portanto, tenha em mente que o tempo nesse mundo é escasso demais para desperdiçarmos com amizades que não valem a pena. E, veja bem, afastar-se de quem o prejudica é mais fácil do que você imagina! Apenas siga seu caminho de luz e positividade, porque, nessa jornada, essas pessoas, jamais serão capazes de acompanhá-lo.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS


Luciano Cazz
"Luciano Cazz é publicitário, ator, roteirista e autor do livro A Tempestade depois do Arco-íris."

COMENTÁRIOS