As pessoas mudam, o amor às vezes dói, amigos somem, coisas dão errado, mas a vida continua!

Leva tempo pra aprender isso, pra entender que até o “eterno” e o “pra sempre” em algum momento chegam ao fim, e que isso não é negativo, nem ruim, é parte do processo da vida.

A cada ciclo que vivemos, nós aprendemos coisas, experimentamos novas sensações e sentimentos, crescemos, nos lapidamos.

Se aceitamos que a vida continua apesar dos pesares, tudo fica mais fácil. Se entendemos o valor que há em se reinventar a cada ciclo, nunca paramos de tentar.

Há ciclos que a gente quer mais é que acabe logo, e há aqueles ciclos que cremos querer que durem pra sempre. Mas o “pra sempre” não é natural da vida humana.

No mundo real, tudo que tem vida um dia morre, e como nós vivemos os ciclos com vida, eles também se fecham, morrem.

Há que saber, todavia, que o eterno pode ser real também. Isso se olharmos a vida como um ciclo maior, feita de muitos ciclos menores de diferentes tamanhos.

Um amor, que faz parte de um desses ciclos menores, que teve/terá fim algum dia, ele pode sim ser eterno na memória do ciclo maior que é a vida.

Por que pensar assim? Porque entendendo os ciclos da vida nós podemos viver cada um deles plenamente, aprender, crescer, sentir e ser muito feliz, sem precisar da eternidade.

Saiba que no mundo real vale mais o “e foram felizes”, deixe o “para sempre” pras ilusões dos contos de fadas.

Que um novo ciclo comece e que sejamos felizes!

Qual o ciclo da vida que você está vivendo?

É fácil ou difícil lidar com os ciclos da vida?

Ciclos são aprendizados. Não tenha medo das mudanças! (Precisa de ajuda nos seus ciclos chame no direct).

*DA REDAÇÃO RH. Texto de Robson Hamuche, idealizador do Resiliência Humana, terapeuta transpessoal e Constelador Familiar. FOTO: StockSnap / Pixabay.

VOCÊ JÁ VISITOU O INSTAGRAM E O FACEBOOK DO RESILIÊNCIA HUMANA?

SE TORNE CADA DIA MAIS RESILIENTE E DESENVOLVA A CAPACIDADE DE SOBREPOR-SE POSITIVAMENTE FRENTE AS ADVERSIDADES DA VIDA.

RECOMENDAMOS









Robson Hamuche é Terapeuta transpessoal com especialização em constelação familiar, compõe a equipe de terapeutas do Instituto Tadashi Kadomoto (ITK). É também idealizador e sócio-proprietário do Resiliência Humana, grupo de mídia dedicado ao desenvolvimento humano, que reúne informação de qualidade acerca de todo o universo do desenvolvimento pessoal, usando uma linguagem leve e acessível.