Perigo: Fumar cotonete viraliza no TikTok. Brincadeira coloca em risco muitas crianças. Entenda:

Mais um risco à saúde das crianças está sendo propagado como brincadeira no TikTok!

Crianças estão participando de um novo desafio “fumar cotonete”. Por incrível que pareça, essa é a nova “tendência lançada nessa rede que é a mais utilizada por crianças e adolescentes.

Na verdade, o cotonete nem deveria ser utilizado e adquirido pelos pais, ele pode acarretar em danos graves, mas os jovens parecem estar distantes de compreender os seus perigos.

A notícia já está correndo em vários sites pelo mundo, em Portugal e Brasil podemos assistir vídeos dos jovens fumando cotonetes e dizendo que já se viciaram!

@liss_barbosa

#dueto com @brunacostau.u desculpa kkkkkk tava doida pra fazer esse mais não tinha achado ninguém dublando a Trix, meu lúcifer fumante de cotonete kkkkkk

♬ lucifer – jial war

Entenda os perigos dessa brincadeira:

A necessidade de chamar a atenção, de ser visto, faz com que alguns jovens tomem atitudes perigosas por ignorarem os riscos. Mas temos que levar em consideração a imaturidade, assim como a falta de atenção e de educação em casa, e acabam participando de brincadeiras que são extremamente perigosas para a saúde.

As substâncias químicas tóxicas produzidas pela substância em queima, afetam o pulmão e o cérebro. Inclusive, afetam ainda mais a inteligência de quem fuma cotonete.

A inalação de fumaça causa danos cerebrais caracterizados por ativação de astrócitos, danos neuronais e axônicos mielinizados e hemorragia.

Partículas nos pulmões ou na corrente sanguínea podem alertar o sistema imunológico e desencadear inflamação no cérebro.

Infelizmente, a juventude ignora os riscos a longo prazo e não possuem maturidade para entender que estão prejudicando a saúde à toa.

O resultado tóxico da queima dessas substâncias é ainda pior do que a de um cigarro.

@rayssa_kaylene

KSKSKSKAKA espero q n viralize pq não faz sentido

♬ som original – Ray_kaylene

Emito esse alerta aos pais para que supervisionem e controlem o uso de app em casa. Suas crianças estão em risco e vocês precisam protê-los.

*DA REDAÇÃO RH. Texto de Fabiano de Abreu Rodrigues, PhD, neurocientista, neuropsicólogo, biólogo, historiador, jornalista, psicanalista com pós em antropologia e formação avançada em nutrição clínica. PhD e Mestre em Ciências da Saúde nas áreas de Psicologia e Neurociências pela EBWU na Flórida e tem o título reconhecido pela Universidade Nova de Lisboa; Mestre em Psicanálise pelo Instituto e Faculdade Gaio/Unesco; Pós Graduação em Neuropsicologia pela Cognos em Portugal; Pós Graduação em Neurociência, Neurociência aplicada à aprendizagem, Neurociência em comportamento, neurolinguística e Antropologia pela Faveni do Brasil; Especializações avançadas em Nutrição Clínica pela TrainingHouse em Portugal, The electrical Properties of the Neuron, Neurons and Networks, neuroscience em Harvard nos Estados Unidos; bacharel em Neurociência e Psicologia na EBWU na Flórida e Licenciado em Biologia e também em História pela Faveni do Brasil; Especializações em Inteligência Artificial na IBM e programação em Python na USP; MBA em psicologia positiva na PUC. Membro da SPN – Sociedade Portuguesa de Neurociências – 814; Membro da SBNEC – Sociedade Brasileira de Neurociências e Comportamento – 6028488; Membro da FENS – Federation of European Neuroscience Societies – PT 30079; Contato: [email protected]

VOCÊ JÁ VISITOU O INSTAGRAM E O FACEBOOK DO RESILIÊNCIA HUMANA?

SE TORNE CADA DIA MAIS RESILIENTE E DESENVOLVA A CAPACIDADE DE SOBREPOR-SE POSITIVAMENTE FRENTE AS ADVERSIDADES DA VIDA.

RECOMENDAMOS









Fabiano de Abreu Rodrigues é psicanalista clínico, jornalista, empresário, escritor, filósofo, poeta e personal branding luso-brasileiro. Proprietário da agência de comunicação e mídia social MF Press Global, é também um correspondente e colaborador de várias revistas, sites de notícias e jornais de grande repercussão nacional e internacional. Atualmente detém o prêmio do jornalista que mais criou personagens na história da imprensa brasileira e internacional, reconhecido por grandes nomes do jornalismo em diversos países. Como filósofo criou um novo conceito que chamou de poemas-filosóficos para escolas do governo de Minas Gerais no Brasil. Lançou o livro ‘Viver Pode Não Ser Tão Ruim’ no Brasil, Angola, Espanha e Portugal.