Pensar com leveza é a melhor forma de lidarmos com as intempéries da vida.

Patricia Tavares

Pensar com leveza é saber que as coisas são como são e não como gostaríamos que fossem. É deixar fluir tudo na vida de uma forma natural, e não criarmos resistências, antagonismos, pois lutar contra os acontecimentos desgasta a nossa energia, nos enfraquece.

É ter aceitação, que algumas coisas não são para acontecerem ou serem como imaginávamos, e que isso não é ruim, mesmo que naquele momento não possamos entender.

É sabermos ter paz suficiente para que se algo que investimos tanto, nos dedicamos, como um concurso, uma prova, não passarmos, não quer dizer que está tudo acabado, que somos incompetentes, ou algo semelhante, pode ser simplesmente que este ainda não seja o nosso momento. Talvez em uma outra oportunidade vamos conseguir.

Assim não perdemos a esperança, temos compreensão maior de tudo, e isso nos deixa em paz, e nos fornece leveza, para seguirmos em harmonia conosco e com o mundo.

Ter leveza é saber que nem tudo depende de nós. No que depender, façamos a nossa parte, mas seremos compreensivos se algo der errado, seremos gentis conosco, nos apoiaremos. Sem complicarmos ou criarmos descréditos conosco.

Seguimos de uma forma harmônica com a natureza, respeitando acontecimentos, pessoas, fatos, imprevistos, entendendo que tudo tem uma lógica, ainda que não consigamos entender, e que a vida nos trás sempre o melhor, se estamos investindo no nosso melhor.

Ser leve é acreditar que existe algo maior, ainda que não se possa ver de imediato, que também atua, em uma energia que vai além do que os nossos sentidos podem perceber.

Vamos nos desprender da mania insana de controle sobre tudo, de acreditarmos que podemos controlar fatos, coisas, e até pessoas, isso é uma ilusão.

Quando cultivamos a leveza em nosso ser nos apropriamos do afeto, de sermos amorosos conosco, e aceitamos de forma tranquila, com serenidade o fato de ainda não termos alcançado o lugar desejado.

Passamos a ter sabedoria para recomeçar, independente da idade e do momento de vida. Recomeçarmos quantas vezes forem necessárias, e podemos inclusive mudar de projeto, realinharmos sonhos, ideais.

Quem é leve entende que a vida não tem um sentido exato, nós é que atribuímos o sentido a cada etapa de nossa vida, dando um novo sentido, um novo colorido, porque o que vale realmente, é se sentir bem, feliz, realizado.

Buscando isso, de forma a sentir o seu Ser e as suas reais necessidades com suavidade, abraçando sempre o melhor da vida. E o que é bom em uma fase da vida, pode não ser mais em outra.

Muita Luz e leveza para todos nós, sempre!

Eu quero amor
Eu quero tudo que for bem colorido
Tudo que for leve
Não me atrapalhe
Eu tenho um objetivo
E a vida é breve
Faço dos meus dias uma festa
E os meus amigos eu levo no bolso ( no bolso)
No coração os meus parentes e entes
E os presentes que a vida me dá!
(Letra:Tudo que for leve / Alice Caymmi)

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS






COMENTÁRIOS




Patricia Tavares
Sou Psicóloga e Reikiana nível 2, trabalho há 19 anos em consultório com psicoterapia, hipnose clínica. Já trabalhei em hospital, núcleo de violência da mulher. Acredito na vida, no amor, nos bons sentimentos, no perdão, na beleza da alma, na superação, no ressignificar, na humanidade. Adoro escrever e falar sobre sentimentos, superações, motivar pessoas, conseguir promover o melhor, despertar o que possa ser maravilhoso em cada um de nós e libertar pessoas de suas prisões emocionais, com uma nova e especial forma de viver, independente dos acontecimentos da vida.