Patzcuaro é a primeira cidade mágica que proíbe o plástico. Eles querem melhorar sua qualidade de vida

Resiliência Humana

Patzcuaro é a primeira cidade mágica que proíbe o plástico. Eles querem melhorar sua qualidade de vida.

De Constanza Suárez

A medida do “plástico zero” procura garantir o direito constitucional de cada pessoa a um ambiente saudável para seu bem-estar e desenvolvimento.

Pouco a pouco a humanidade tenta conscientizar-se da poluição que o nosso planeta consome, principalmente no que diz respeito ao plástico. Várias cidades do mundo decidiram eliminar seu uso e uma nova cidade saiu na frente.

Ainda há esperança para o meio ambiente e, para nós mesmos.

Pátzcuaro, no México, é a primeira cidade mágica a aplicar a medida ambiental “zero plásticos” com o objetivo de garantir o direito a um ambiente saudável para o seu desenvolvimento e bem-estar, segundo o site La voz de Michoacán.

Com essa medida, eles também pretendem reduzir os poluentes que fluem para o Lago Pátzcuaro, que se deteriorou nos últimos anos.


Cuartoscuro

Desta forma, os riscos para a saúde também são evitados.

O prefeito de Patzcuaro, Victor Baez Ceja sabe que vai levar tempo para os cidadãos a tomarem consciência da proibição de plásticos de uso, tais como sacos e canudinhos. Só assim “pode-se controlar e separar os resíduos sólidos da fonte para se conseguir um manejo adequado”, afirmou.


Cuartoscuro

Ele também falou sobre os fundamentos da responsabilidade compartilhada com produtores, comerciantes, consumidores e empresas de serviços de gestão de resíduos para alcançar o objetivo.

** Tradução e adaptação Redação Resiliência Humana. Com informações de UPSOLC

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS







COMENTÁRIOS




Resiliência Humana
Bem-estar, Autoconhecimento e Terapia