Pare de Tentar Ser Quem Não é Só Para Agradar aos Outros

Lana Bella

Pare de Tentar Ser Quem Não é Só Para Agradar aos Outros

(Não há nada de errado em ser um girassol e/ou uma rosa; simplesmente seja você!)

Em tempos de Sierra Burgess is a Loser – filme Original Netflix que aborda o catfishing a partir do romance virtual entre uma nerd e um atleta –, eu gostaria de trazer uma reflexão sobre como é ser a rosa e de que não há problema nenhum em ser o girassol… Aliás, geralmente somos uma mistura de ambas, o que é ainda mais lindo e incrível!

Basta olhar para dentro de cada uma de nós com mais carinho e veremos nossa mais bela flor prestes a desabrochar. Faço aqui uma análise da música tema do filme – Sunflower, de Allie X (recomendo uma checada na música antes de ler o texto!).

Allie começa apresentando as “Meninas-Rosas em vasos de vidro”. Elas têm corpos e rostos perfeitos como os das revistas. Pause. O que seria a perfeição se não uma garota que se ama por inteira e abraça cada “imperfeição” de si mesma? Corpos e rostos perfeitos, no fim das contas, não seguem um padrão de beleza. Padrão de beleza é gente feliz!

Todas podemos explorar mais a fundo nossa verdadeira beleza, aquela que vem de dentro. Pare durante 5 minutos a cada dia em frente ao espelho e diga em voz alta pelo menos cinco coisas que gosta em você – sejam físicas ou não. Olhe nos seus olhos e se abrace. Permita-se ao menos uma vez se apaixonar por si mesma. Isso não significa que irá se aceitar da noite para o dia, mas ao menos comece parando de se odiar.

Play. “Essas garotas que os garotos estão perseguindo, ganhando todos os jogos que eles estão jogando, eles sempre estão em uma liga diferente.” É bem por aí. O que não falta é garoto na nossa cola que sempre dispensamos com maestria e os colocamos em seus devidos lugares.

Mas a real é que isso não importa, sejam quantos forem nos perturbando e desejando nossa atenção, nada disso nos define. Nós não somos as “cantadas” que levamos, somos nossas ações – aquele “bom dia” que desejamos aos outros, aquele lugar que cedemos a quem precisava, aquele ombro amigo das madrugadas. Somos luz do sol que nutre e somos flor que absorve amor.

Continuando, a cantora se estende para o céu como se não se importasse, mas seu desejo é que o cara a veja ali parada. Só que ela é um girassol, um pouco engraçada, desengonçada. Se fosse uma rosa talvez ele a quisesse. Pause. Aqui a palavra “talvez” é extremamente valiosa, a possibilidade dele não a querer mesmo assim realmente existe! Conquistar alguém ou não depende de outros fatores que vão muito além de nós mesmas.

Ser a rosa também tem suas desvantagens, assim como ser o girassol tem suas vantagens. Afinal, veja bem: todas nós somos indivíduos únicos, o que significa que independente de como somos ninguém nasceu romanticamente colado conosco. Ou seja, ser a rosa não é garantia de que alguém irá nos querer, bem como ser o girassol também não é certeza de que ninguém irá nos desejar!

Rosas têm espinhos antes mesmo de se tornarem flores completas. Todas nós temos nossos defeitos e erramos. E tá tudo bem! Apesar disso, podemos sempre desabrochar e tornarmo-nos belas e sensuais rosas vermelhas. Assim como girassóis em dias nublados são capazes de, olhando uns para os outros, encontrarem toda a energia que necessitam, permanecendo dessa forma erguidos e lindos.

Play. “Se eu pudesse, mudaria da noite para o dia e me transformaria em algo que você gostasse.” NÃO, POR FAVOR! Apenas não. Garota, se você mudasse e se transformasse, a única coisa que aconteceria seria que não serias mais você mesma. É isto! E se ele passasse a gostar de você da noite para o dia por isso… Bom, aí não seria realmente de você que ele gostaria, mas sim da idealização de você, da pessoa que teria se transformado por e para ele!

SOMENTE PARE! Pare de tentar ser algo que você não é só para agradar aos outros. Não há nada de errado em ser um girassol, assim como não há nada de errado em ser uma rosa. Seja você e ame a si mesma e eu asseguro que alguém irá gostar! E se não gostarem também não terá problema algum; afinal você já estará se gostando o suficiente e não precisará de aprovação nenhuma de ninguém para ser feliz com isso.

“Mas eu sou um girassol, um pouco engraçada, se eu fosse uma rosa, talvez você me escolhesse. Mas eu sei que você não tem ideia, esse girassol está esperando por você”. Não espere mais e ele terá ideia de que você o quer; e talvez te escolha com toda a sua graça mesmo!

E ela continua… “Sem espinhos nessa dimensão, escondendo essa sensação de rejeição. Nessa altura, nunca me senti tão pequena. Desacostumada com essa atenção, permanentemente em suspensão, eu gostaria de não me importar.” Garota, então pare de se importar! Rosas também são rejeitadas de vez em quando e mesmo com seus espinhos de proteção ainda dói toda vez que passam por mais uma decepção.

Você não é esse momento. Não se sinta pequena por uma situação. Você é todo um universo dentro de si e merece atenção; sem contar que nada é para sempre e as suspensões também não precisam ser. Pare de se estender para o céu como se não se importasse e realmente pare de se importar. Pare de desejar que ele te veja ali parada e realmente faça alguma coisa sobre isso, ou seja, mexa-se!

Afinal, rosas e/ou girassóis, não importa! Todas nós temos nossa beleza e valor. Vamos nos amar e amar umas às outras sem comparativos ao ponto de exaltar ou rebaixar uma ou outra, pois o mundo, todas sabemos, é das mulheres.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS







COMENTÁRIOS




Lana Bella
Apenas uma jovem adulta de alma intensa, livre, transparente e autêntica - apaixonada por si e por tudo que o mundo ainda possui a me oferecer. Nascida em São Paulo, aos 19 anos luto a cada dia para ser minha melhor versão. Encontrei na escrita uma maneira de organizar meus pensamentos, aquietar meu coração e conhecer a mim mesma. Correndo sempre atrás do sonho de ajudar o próximo a estar bem consigo mesmo em toda sua complexidade do ser e de ser humano.