Para 2020, levarei comigo a fé e a gratidão a Deus por todo livramento, por toda força que me manteve em pé na hora em que esmoreci

Eu vejo à minha frente um novo estado de ser e esse estado me permite alavancar ou estacionar, progredir ou regredir.

Sil Guidorizzi

Ao ver 2020 despontando logo ali, diante do meu coração, diante de tantas coisas que sacudiram meu mundo, de tantas que exalei, perdoei, desisti e esqueci, entrei em estado de libertação interna, de desprendimento de tudo que não exerce mais sua continuidade em meu caminho.

Eu vejo à minha frente um novo estado de ser e esse estado me permite alavancar ou estacionar, progredir ou regredir.

Mas o que eu fiz e vivi podem não ter sido ainda suficiente. Deus está preparando algo além de tudo o que eu já recebi, está prestando atenção em cada parte minha e em cada desejo de fortalecimento e paz.

Não penso na ingratidão; alimento-me de energia vital, de pensamentos que distraem e levam para longe coisas ruins. Estou criando aqui dentro um espaço onde se multiplicarão oportunidades de crescimento espiritual, onde tudo será exatamente escrito por Ele, dentro da ordem natural do tempo.

Eu não sinto medo, sinto apenas um leve roçar na alma, como quem anseia por coisas melhores.

Eu chorei, eu sorri, eu me afastei. Mas eu estou aqui, diante dessa enorme vinha de luz que se abre diante do meu olhar que ainda sente prazer pela vida.

E, se Ele me permitir, quero cuidar, quero estar perto, quero exercer meu direito de pessoa que é liberta de coisas negativas e tóxicas, de relacionamentos decadentes, de pessoas que vampirizam minha energia, tentando me fragilizar.

Antes de arrumar meu guarda-roupa, vou arrumar minha saúde mental, vou ajeitar as coisas aqui dentro, vou tratar da minha saúde emocional, vou me alinhar no meu desalinho, vou riscar o que já foi, vou me desafiar e aprender a cuidar melhor de mim.

Estou mais preocupada com a minha paz. Não importa se, vez em quando, eu sair de cena, se a moda para mim é respeitar o próximo e dar aos outros o que eu gostaria de receber. Eu não estou in ou out, eu estou onde quero, como preciso.

Eu vejo à minha frente um novo estado de ser e esse estado me permite alavancar ou estacionar, me permite progredir ou regredir. Agradeço pela sustentação, pela obra divina, pela legião de médicos espirituais que cuidaram de mim quando senti que não ia continuar, que cuidaram de mim feito guardiões de amparo e amor.

Quero levar comigo essa fé que me faz ver algo além e que já faz parte das minhas prioridades como pessoa.

Não estou me acabando, estou me continuando, estou me reconstruindo, estou dando passos do tamanho que consigo dar.

2020 = 4 na numerologia

Que seja um ano de limpeza, cura, aproximação, entendimento e união, que famílias se fortaleçam e sentimentos bons sejam recíprocos. Que seja um ano de religação espiritual e humanitária.

Está chegando, estou me preparando. Que seja o melhor de nossa vida!

Seja bem-vindo, 2020!

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS






COMENTÁRIOS




Sil Guidorizzi
Sou Paulista, descendente de Italianos. Libriana. Escritora. Cantora. Debruço-me sobre as palavras. Elas causam um efeito devastador em mim. Trazem-me â tona. Fazem-me enxergar a vida por outro prisma. Meu primeiro Livro foi lançado em Fevereiro de 2016. Amor Essência e Seus Encontros pela Editora Penalux. O prefácio foi escrito pelo Poeta e Jornalista Fernando Coelho. A orelha escrita pelo Poeta e jornalista Ivan de Almeida. O básico do viver está no simples que habita em mim.