Papa diz:“O Senhor sabe quem somos, mas a vaidade nos convida a encobrir isso. Que o Senhor nos ajude.”

Resiliência Humana

Na terça-feira de manhã, o papa Francisco celebrou a missa na Casa Santa Marta, orando pelos enfermos e incentivou os padres a “ter a coragem de visitar os doentes”.

Por Notícias do Vaticano

O Papa Francisco apresentou a liturgia da manhã de terça-feira pedindo que oremos por “todos aqueles que estão doentes, pessoal médico, todos aqueles que sofrem com a epidemia”.

Ele pediu que orássemos especialmente pelos sacerdotes, para que eles pudessem ter a coragem de visitar os doentes, trazendo-lhes “a força da Palavra de Deus e da Eucaristia, para acompanhar” todos os que estão ajudando aqueles que estão aflitos com a doença. coronavírus.

“Ontem a palavra de Deus nos ensinou a reconhecer nossos pecados e a confessá-los.” Assim, o Papa Francisco iniciou sua homilia na terça-feira.

“Hoje”, continuou ele, “o Senhor pede a todos nós, pecadores, que dialoguem com Ele”.

Ele então continuou sua reflexão concentrando-se na passagem do Livro de Isaías:

“Vamos agora, vamos corrigir as coisas, diz o SENHOR: Embora seus pecados sejam como escarlate, eles podem se tornar brancos como a neve”.

O pecado nos faz esconder, Deus quer que reconheçamos os nossos pecados.

Como Adão e Eva, tendemos a nos esconder por causa da vergonha que sentimos por causa das coisas que fizemos. O pecado nos faz fechar em nós mesmos. Deus nos chama para conversar sobre isso com ele.

“E o Senhor nos chama: ‘Vamos falar sobre isso’, diz o Senhor. Vamos falar sobre o seu pecado. Vamos falar sobre sua situação. Não tenha medo. Não…. Venha aqui. Sou capaz de mudar tudo, diz o Senhor. “Não tenha medo de vir falar sobre isso. Seja corajoso mesmo antes da sua miséria.

O Senhor quer que lhe demos nossos pecados

O Papa Francisco então contou a história de um santo que estava desanimado. Não importa o que ele fez, ele sempre sentiu que o Senhor não estava satisfeito. Então, ele perguntou ao Senhor o que estava faltando. “Me dê seus pecados. Falta isso ”, respondeu o Senhor, disse o papa.

O Senhor muda de vermelho para branco

Nós nos enganamos por não falar com o Senhor, continuou o Papa Francisco. Fingimos que não somos pecadores. É para isso que o Senhor reprova os doutores da lei. Eles fizeram tudo pela aparência, disse ele, referindo-se ao evangelho de Mateus 23.

“Aparência … Vaidade … Cobrir a verdade do nosso coração com vaidade … A vaidade nunca cura … Em vez disso, é venenosa. Aumenta nossa dureza de coração. [Vaidade] diz: ‘não vá ao Senhor. Permaneça sozinho. A vaidade é um lugar onde nos fechamos ao chamado do Senhor. Mas o convite do Senhor é o de um pai, um irmão. ‘Vamos. Venha aqui. Vamos conversar. No final, sou eu quem pode mudar sua vida de vermelho para branco.

A oração pode ser real

O Papa concluiu sua homilia, dizendo que a Palavra do Senhor nos mostra que nossa oração deve ser real. Devemos orar sobre a realidade de nossos pecados.

“O Senhor sabe quem somos … mas a vaidade nos convida a encobrir isso. Que o Senhor nos ajude.”

Até novo aviso, a missa da manhã do Papa Francisco será transmitida ao vivo.

Você pode assistir em tempo real às 7:00 da manhã, horário do centro-leste, no site www.vaticannews.va ou no Vatican News App, ou através de outras estações de televisão católicas que o estão transmitindo. Será publicado para exibição posterior no canal do Vatican News English no YouTube, na conta do Vatican News no Facebook e no portal Vatican News no artigo que resume a homilia do papa.

*Com informações Vatican News. Tradução e adaptação REDAÇÃO RH.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS






COMENTÁRIOS




Resiliência Humana
Bem-estar, Autoconhecimento e Terapia