Os pais são mais felizes quando seus filhos saem de casa, diz estudo. Eles merecem viver em paz!

Resiliência Humana

Os pais são mais felizes quando seus filhos saem de casa, diz estudo. Eles merecem viver em paz!

De Leonardo Granadillo

A Universidade de Heidelberg (Alemanha) garante que eles têm menos depressão e maior taxa de satisfação quando seus filhos “deixam o ninho”.

Ter um filho é considerado uma bênção, eles vêm para iluminar suas vidas e, embora todos nós sabemos que haverá momentos que não serão muito agradáveis, diferenças, a chave é aprender a lidar com eles e que o amor supera qualquer problema.

Quando os “controlamos” ou pelo menos tentamos educá-los, é um belo palco, mas entre a adolescência e a idade adulta, apesar de ter maior maturidade, a necessidade de independência começa a sentir-se no ambiente e é sempre melhor quando deixamos filhos para enfrentar seus próprios desafios.

De acordo com este Christoph Becker da Universidade de Heidelberg (Alemanha) eles procuraram pessoas cujos filhos já haviam partido para a independência, e descobriram que eles têm uma maior satisfação com a vida e, portanto, menos depressão.

Eles descobriram que é em grande parte devido ao fato de que eles deixam de ser uma responsabilidade econômica para eles e em termos de atendimento, melhor ainda quando os jovens são os que contribuem.

Eles examinaram um total de 55.000 pessoas com mais de 50 anos de idade que vivem em 16 países europeus, e pediram para avaliar sua satisfação de 1 a 10.

Embora a diferença não fosse muito significativa, descobriram que aqueles que possuem os filhos longe de casa estavam entre 0,02 a 0,56 mais felizes que o restante.

“Juntos, nossos resultados sugerem que os laços sociais podem ser importantes para o bem-estar e a saúde mental na velhice. Maridos, casais e crianças são seguidos pela base de laços sociais persistentes, que podem fornecer apoio aos idosos ”

Isto é, faça a sua vida, mas não se esqueça dos seus antigos, se você surgir em sua vida e se estabelecer, eles serão felizes, mas também serão gratos àqueles que lhe permitiram alcançá-lo.

*Via UPSOCL. Traduzido e adaptado por REDAÇÃO Resiliência Humana.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS







COMENTÁRIOS




Resiliência Humana
Bem-estar, Autoconhecimento e Terapia