O seu corpo alcança o que a sua mente acredita? Confira 7 maneiras de viver com mais saúde!

José Roberto Marques, o Zé.
o-seu-corpo-alcanca-o-que-a-sua-mente-acredita-confira-7-maneiras-de-viver-com-mais-saude

O seu corpo alcança o que a sua mente acredita? Confira 7 maneiras de viver com mais saúde!

Saúde é uma palavra que todo mundo usa e compreende, mas você já refletiu sobre o seu significado?

Segundo os dicionários, saúde é o “estado do organismo que está em equilíbrio com o ambiente, mantendo as condições necessárias para dar continuidade à vida”.

Portanto, ter saúde não é simplesmente não ficar doente, mas ter ânimo, disposição, energia e bem-estar. A saúde é multifatorial, pois ela depende de uma série de questões que permitem que o corpo e a mente possam funcionar adequadamente. Sem saúde, ninguém consegue fazer planos, estudar, trabalhar, realizar sonhos, enfim, viver de forma plena.

Por ser algo tão essencial, o desenvolvimento de hábitos saudáveis é a primeira das chaves do movimento “As 7 chaves para desbloquear o melhor ano da sua vida”, programa desenvolvido por José Roberto Marques, CEO do Instituto Brasileiro de Coaching — IBC. Para que você compreenda como são muitos os fatores envolvidos em uma vida saudável, elencamos neste artigo 7 dicas para viver com mais saúde.

Confira.

1. Praticar exercícios físicos com frequência

Há inúmeros estudos científicos que comprovam os benefícios das atividades físicas para a saúde, tanto física quanto mental.

Quando praticado regularmente, esse tipo de exercício fortalece músculos e ossos, combate a obesidade, melhora a respiração, previne problemas cardiovasculares, acelera o metabolismo, entre outros benefícios ao corpo.

Além disso, a prática regular de atividade física promove a liberação de neurotransmissores associados à sensação de bem-estar.

Quando essas substâncias estão em falta, desencadeiam problemas de saúde da mente, como depressão e ansiedade. Ou seja, mova-se para viver com saúde!

2. Cuidar dos hábitos alimentares

A alimentação é o processo por meio do qual os seres vivos ingerem alimentos e extraem deles os nutrientes necessários para manter o correto funcionamento de todos os órgãos, inclusive do cérebro.

A boa alimentação é aquela que sacia o indivíduo, sem exageros. É também aquela que varia entre os diferentes grupos nutricionais.

Todos nós precisamos de carboidratos, proteínas, vitaminas, sais minerais, fibras, gorduras saudáveis e água.

Para que possamos obter todos esses nutrientes diariamente, é essencial consumir alimentos variados, como sementes, grãos, carnes, frutas, verduras e legumes.

Em contrapartida, doces e alimentos ultraprocessados são ricos em aditivos químicos e gorduras, mas muito pobres em nutrientes, o que enfraquece o organismo quando consumidos excessivamente.

3. Descansar adequadamente

O descanso é tão importante quanto o período em que estamos ativos (trabalhando, estudando ou nos exercitando).

Durante uma boa noite de sono, o organismo processa as informações que aprendemos ao longo do dia, desintoxica todas as células do corpo e nos reabastece com energia para um novo dia.

Por isso, as pessoas que dormem muito pouco, que trabalham em excesso, que não folgam ao menos uma vez na semana e que não tiram férias adoecem com muito mais facilidade.

Isso acontece porque esse estilo de vida com pouco descanso enfraquece o sistema imunológico, tornando-nos mais suscetíveis a diferentes infecções.

Além disso, ele também desequilibra o processamento das nossas emoções, podendo nos deixar mais estressados ou deprimidos.

4. Ter momentos de lazer e vida social

Assim como o descanso, os momentos de lazer e vida social também são, muitas vezes, vistos como coisas desnecessárias ou supérfluas.

No entanto, a medicina já tem comprovado que o convívio com amigos, familiares e colegas beneficia a saúde.

Essas interações fazem bem, sobretudo à mente, pois os relacionamentos positivos que construímos melhoram a nossa autoestima e a nossa motivação para o dia a dia.

Processos semelhantes ocorrem quando desenvolvemos hobbies, ou seja, passatempos.

Dançar, cantar, desenhar, ler, praticar um exercício físico, bordar, enfim, todo hobby promove momentos de alegria e bem-estar, o que nos ajuda a prevenir ou a lidar mais adequadamente com os problemas de saúde, especialmente os de origem emocional.

5. Administrar as suas emoções

A nossa saúde física impacta as nossas emoções, mas as nossas emoções também impactam diretamente a nossa saúde física.

Você já sentiu falta de ar ao sentir medo?

Já sentiu as pernas bambas quando estava nervoso ou ansioso?

Já ficou com dor de cabeça quando se irritou com alguém?

Pois bem, os efeitos de um processamento inadequado de emoções produzem reações de estresse, de ansiedade e de diversos outros problemas psicológicos, mas também se fazem sentir na saúde física.

Por isso, procure respirar fundo, meditar, conversar com pessoas de sua confiança, descansar adequadamente, ter uma vida social ativa e praticar atividades físicas.

Todos esses hábitos contribuem para que você consiga administrar melhor as suas emoções, sem ferir quem estiver ao seu redor e sem machucar a si mesmo.

6. Fazer exames de check-up

Muitas pessoas acreditam que a medicina existe apenas para diagnosticar e tratar doenças. Embora isso seja muito importante, as práticas preventivas e de incentivo à qualidade de vida também são essenciais nessa área.

Quando foi a última vez que você fez um exame de sangue?

Foi ao dentista?

Utilizou protetor solar?

Fez o autoexame das mamas (para as mulheres)?

Esses hábitos nos ajudam a prevenir diversos problemas de saúde, e, como se diz popularmente, é muito melhor prevenir do que remediar, não é mesmo?

Portanto, faça os seus exames preventivos. É claro que eles variam de acordo com o gênero e com a faixa etária da pessoa, mas em geral, é bom ficar atento!

7. Procurar ajuda especializada quando necessário

Por fim, tenha em mente que a ciência e a tecnologia avançam diariamente, permitindo que a medicina também evolua em suas técnicas de prevenção, diagnóstico e tratamento de problemas de saúde. Portanto, se perceber que há algo que não vai bem em seu corpo ou em sua mente, não hesite em procurar ajuda especializada.

Médicos, biomédicos, psicólogos, dentistas, nutricionistas, fisioterapeutas, enfermeiros, entre outros, formam uma valiosa classe de profissionais que têm conhecimento para nos ajudar nesses momentos de dificuldade. Valorize-os e procure-os sempre que precisar.

Cuidar da saúde é cuidar do seu presente, do seu futuro e da vida das pessoas que convivem com você. Como alguém pode lutar por seus sonhos e ser verdadeiramente feliz sem saúde física e mental?

Esta é a mensagem da primeira das “7 chaves para desbloquear o melhor ano da sua vida”, o novo programa de José Roberto Marques. Será uma formação 100% on-line e gratuita, que apresentará metodologias avançadas, além de trechos do 1º Reality Show como Metodologia Educacional.

Participe e conheça as 7 chaves que vão desbloquear a sua vida!

O movimento “7 chaves” vai ter início no próximo dia 11 de março, pontualmente às 19h57, horário de Brasília.

Inscreva-se AQUI

*FOTO: Westend61 / Getty Images

VOCÊ JÁ VISITOU O INSTAGRAM E O FACEBOOK DO RESILIÊNCIA HUMANA?

SE TORNE CADA DIA MAIS RESILIENTE E DESENVOLVA A CAPACIDADE DE SOBREPOR-SE POSITIVAMENTE FRENTE AS ADVERSIDADES DA VIDA.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS






COMENTÁRIOS




José Roberto Marques, o Zé.
José Roberto Marques, o Zé. Especialista do Comportamento Humano. ? CEO & Founder do Instituto Brasileiro de Coaching ? Autor Best-Seller - 62 livros publicados ? Criador #DesperteSeuPoder #ACasaDoZéReality #7ChavesParaUmaNovaVida