O problema da preocupação é que ela te leva a pensar besteiras demais.

Você acorda estressado e já levanta da cama querendo fazer mil coisas, como se a sua vida se resumisse em apagar incêndios.

E o pior é que, quando você abre as portas para a preocupação, ela se sente em casa e, depois, fica muito difícil a fazer ir embora. Ela é extremamente folgada, ocupa todos os espaços vazios e se acomoda como se a casa fosse dela. Nós, nos tornamos seus reféns em nossa própria casa.

Ela impregna em nossa mente, de tal maneira que, quando nos damos conta, já são 3h da manhã e ainda não conseguimos pregar o olho e, o pior, é que a gente só consegue pensar em besteiras.

A insônia é o resultado da preocupação excessiva, ela nos leva para lugares sombrios dentro de nós, e esses lugares, são exatemente aqueles que nós nunca deveríamos aceitar ficar.

Quando nos acostumamos com a sua presença, a nossa vida se torna um ice berg, e aos poucos, vamos sucumbindo às avalanches de problemas que se despreendem e caem sobre nós.

Não sabemos mais o que são sonhos, porque só vivenciamos pesadelos.

O coração fica inquieto, suas batidas ficam tão altas que o silêncio não existe. E pouco a pouco, a preocupação faz seu estrago e nos desconecta da nossa alma. A gente simplesmente não se reconhece mais.

Aceite um conselho amoroso: Se você estiver sofrendo com a insônia, comece a sonhar acordado, traga aos seus pensamentos, imagens felizes, situações ideiais e lembranças amorosas. Destrua as besteiras que vem a sua mente, uma a uma, com essa dinamite invisível.

Se a preocupação resolvesse os seus problemas, nenhum deles existiria mais. As soluções precisam que a sua alma esteja em paz para que você possa, finalmente, as escutar e acreditar que elas são possíveis.

Se você está perdendo noites de sono, por que coleciona preocupações, me chame no direct @rhamuche, e agende uma consulta individual. Você precisa aprender a romper os cadeados que te prenderam nesse limbo de preocupações para voltar a sonhar.

*DA REDAÇÃO RH. Texto de Robson Hamuche, idealizador do Resiliência Humana, terapeuta transpessoal e Constelador Familiar. Foto de Ahtziri Lagarde no Unsplash.

VOCÊ JÁ VISITOU O INSTAGRAM E O FACEBOOK DO RESILIÊNCIA HUMANA?

SE TORNE CADA DIA MAIS RESILIENTE E DESENVOLVA A CAPACIDADE DE SOBREPOR-SE POSITIVAMENTE FRENTE AS ADVERSIDADES DA VIDA.

RECOMENDAMOS









Robson Hamuche é Terapeuta transpessoal com especialização em constelação familiar, compõe a equipe de terapeutas do Instituto Tadashi Kadomoto (ITK). É também idealizador e sócio-proprietário do Resiliência Humana, grupo de mídia dedicado ao desenvolvimento humano, que reúne informação de qualidade acerca de todo o universo do desenvolvimento pessoal, usando uma linguagem leve e acessível.