O PODER DA MULHER QUE SE AMA

Cris Souza Fontes
Sarah Jessica Parker arrives to attend Intimissimi Fashion Show on September 05, 2018 in Verona, Italy Pictured: Sarah Jessica Parker Ref: SPL5020887 050918 NON-EXCLUSIVE Picture by: SplashNews.com Splash News and Pictures Los Angeles: 310-821-2666 New York: 212-619-2666 London: 0207 644 7656 Milan: +39 02 4399 8577 Sydney: +61 02 9240 7700 [email protected] World Rights, No France Rights, No Switzerland Rights

Você conhece o poder da mulher que se ama? Sabe porque chamamos mulheres que se amam de poderosas? Seriam elas diferentes de qualquer outra mulher no mundo? Eu posso ser poderosa se eu aprender a me amar? Quanto custa?

Bom, sério, nunca vi nada mais em conta do que se amar! Nunca vi nada mais barato e gratuito do que se amar e se tornar aquela mulher que você sempre quis ser.

Mas como? Como faço isso acontecer?

Lá vai, minha amiga, algumas dicas incríveis:

Pense um pouquinho mais em você mesma! Isso! Nada de pensar no outro o tempo todo, nada de viver em prol de alguém, dependendo emocionalmente de alguém! Pense em você!

O que faria agora se estivesse pensando mais e você mesma, hein?

Pare de querer agradar todo mundo!

Nada de se preocupar se sua mudança de atitude irá afastar pessoas da sua vida!

Deixe ir, vão com Deus!

Se forem embora simplesmente porque você disse “não” a um pedido, colega, significa que essa pessoa vivia só pra te sugar, para ser servida por você.

Dê um basta!

Faça algo pra você. Que tal um curso, um novo idioma, voltar a estudar ou arrumar um emprego?

Tome decisões e tenha atitude.

Chega da fase de “mimimi”, ok? Nada de lamentar o que não conseguiu, que queria ter feito isso ou aquilo e nunca fez nada. Essa fase ACABOU. Está na hora de você se decidir e ter atitude.

Se perdoe.

Acontece muito de levarmos uma vida inteira nos culpando por erros do passado, por erros que não foram nossos ou, se foram, que ficaram lá atrás.

Precisamos parar de nos punir o tempo todo e aceitar o seu auto perdão.

Bom, as dicas não são muitas, por hora. Mas saiba que, se você mudar os seus hábitos ou seguir qualquer uma que seja, já estará dando um passo que a deixará mais perto da mulher que se ama e, consequentemente, do poder que elas têm.

São poderosas? Sim! Mas por que?

Porque decidem, porque têm atitude, porque cuidam dos filhos, maridos e ainda realizam sonhos!

Porque são lindas, se cuidam e se preocupam se estão bem cuidadas e felizes.

Porque sorriem o tempo todo, porque dizem não, porque são magnéticas, cativantes e soltas!

Não são prisioneiras de conceitos, de tabus, ideias e nem emocionalmente dependentes.

Sabem que são capazes de levar uma vida acompanhadas ou sozinhas e que, da forma que for, estará tudo bem.

Correm atrás de seus sonhos, viajam, realizam, fazem pequenas loucuras, amam!

Eu tenho certeza que ao seguir as minhas dicas, vivenciará a alegria de ser uma mulher poderosa por se sentir amada!

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS







COMENTÁRIOS




Cris Souza Fontes
Escritora, blogueira, amante da natureza, animais, boa música, pessoas e boas conversas. Foi morar no interior para vasculhar o seu próprio interior. Gosta de artes, da beleza que há em tudo e de palavras, assim como da forma que são usadas. Escreve por vocação, por amor e por prazer. Publicou de forma independente dois livros: “Do quê é feito o amor?” contos e crônicas e o mais espiritualizado “O Eterno que Há” descrevendo o quão próximos estão a dor e o amor. Atualmente possui um sebo e livraria na cidade onde escolheu viver por não aguentar ficar longe dos livros, assim como é colunista de assuntos comportamentais em prestigiados sites por não controlar sua paixão por escrever e por querer, de alguma forma, estar mais perto das pessoas e de seus dilemas pessoais. Em 2017 lançará seu terceiro livro “Apaixonada aos 40” que promete sacudir a vida das mulheres.