O desabafo de quem não aguenta mais fofoca. Cuide da sua vida!

Luciano Cazz

A fofoca é criada por aquelas pessoas que tem rancor no coração, é espalhada pelos tolos e aceita pelos fracos de espírito.

Não fale pelas costas o que você não tem coragem de falar na minha cara. Deixe isso para os fracos. #ficaadica

O desabafo de quem não aguenta mais fofocas. Cuide da sua vida!

Meu caro ou minha cara, essa vai para você que vive falando de mim por trás, o que não tem coragem de dizer na minha frente. Então, deixa eu lhe dizer uma coisa: falar pelas costas já é por si só um ato de covardia porque a pessoa de quem se fala não está presente para se defender.

Você pode ter me interpretado errado e, diante de minha ausência, não poderei me explicar. Ou talvez, você esteja cheia de más intenções e realmente querendo fazer intriga.

E, assim, na surdida, você, e seu fuxico, jamais serão desmascarados e continuará destilando seu veneno impunemente, o que pode ser extremamente prejudicial na minha vida, porque a fofoca acaba com amizades, casamentos e, principalmente, desvaloriza a imagem de quem cai nessa arapuca da falácia.

Mesmo que depois as pessoas percebam que foram enganadas por suas colocações mentirosas, será difícil para eles retomarem a ideia antiga que tinham. Mas o pior mesmo é não ser capaz de tirar a prova, deixando com que eu passe por algo que não sou ou tenha a responsabilidade por algo que não fiz, pelo resto da vida.

Então, entenda que você não é uma legítima vidente capaz de interpretar todas as minhas atitudes, decifrando a minha intenção como se fosse o Einstein da psicologia.

Se fosse, você estaria ocupada com seus pacientes, em vez de ficar falando mal da vida alheia por aí. Olha só, nem mesmo as pessoas mais próximas sabem o que se passa aqui dentro, quanto mais você de quem quero distância.

É muito fácil denegrir a minha imagem pelas costas. Só que é um ato covarde. Realmente não sei como você se sente bem fazendo isso.

Pois, perceba, tudo o que você fala de mim é, na verdade, reflexo da sua própria personalidade, é tudo que lhe falta ou tudo que lhe incomoda no que significa ser você. Mas não sou sua lata de lixo. Encare sua verdade.

Fofoca é feio, minha cara, não é atitude de vencedor, mas de quem não tem autoestima tentando sentir, pelo menos, por um momento, a doce sensação de superioridade.

Entretanto, não é uma elevação real. É só um jogo de retórica onde as suas qualidades e meus defeitos exacerbados são ilusões, quando a única coisa em que você é boa, é em fazer intrigas. Não, eu não sou perfeito, mas levo minha vida com trabalho duro, superando minhas limitações sem a fraqueza de rebaixar os outros.

Cada vez que você inventa defeitos que não tenho. Cada vez que você faz intriga no meu nome e insiste em inventar que não sou uma pessoa legal, diz muito mais sobre você do que de mim, pois tal atitude traduz a amargura que você carrega dentro de si.

A sua fofoca representa a minha própria superioridade, uma vez que a gente não faz fuxico sobre quem não tem importância em nossas vidas.

Então, pare de inventar maldades sobre a minha pessoa por inveja, com o intuito de se sentir melhor com os outros ou poder se olhar no espelho e fingir que tem caráter.

Ou, pelo menos, resolva essa atração enrustida que você sente por mim representada por essa sua insistente implicância comigo.

É, o amor tem dessas coisas. Já que não posso ser seu, que ninguém goste de mim, não é mesmo?

A fofoca é criada por aquelas pessoas que tem rancor no coração, é espalhada pelos tolos e aceita pelos fracos de espírito.

Ela não passa de uma grande mentira que você conta a si mesmo porque, no fundo, você fala mal de quem eu sou porque não suporta ter que lidar com quem você realmente é.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS







COMENTÁRIOS




Luciano Cazz
"Luciano Cazz é publicitário, ator, roteirista e autor do livro A TEMPESTADE DEPOIS DO ARCO-ÍRIS." Quer adquirir o livro? Clique no link que está aí em cima! E boa leitura!