O bom humor, a autoestima e a gratidão têm o poder de distribuir mais riquezas do que todo dinheiro do mundo!

O bom humor é o hábito daquele que dá sempre mais do que recebe. E a autoestima é a certeza de que você está sendo a sua melhor versão, que você tem muito a oferecer, que você faz a sua parte, e por isso, não deve nada a ninguém.

Aprendi a não me perder de mim depois de tantas rejeições e abandonos que sofri durante a minha vida, a não me prender as perdas, e sim, focar nos ganhos, para me fortalecer e transformar tudo o que ainda percebo que não está bom em minha vida.

Escolher viver uma vida plena, próspera e feliz, me fez assim, me tonei dono de mim.

Percebi que aqueles que não ficaram em minha vida, foram embora porque tinham que seguir os seus caminhos, e a razão de me deixarem, não tinha nada a ver comigo, mas sim, com eles.

Você pode escolher focar na dor ou no amor, sempre será uma escolha sua.

É sobre olhar para o que te causa desconforto e agir imediatamente para dissolver esses nós que querem te prender as essas memórias de dor.

O desconforto, a insatisfação e a angústia são alertas da vida, te dizendo que você precisa estar atenta(o) a esses gatilhos inconscientes, para ressignificar e limpar um por um com bom humor, autoestima e gratidão.

A autocura está a sua disposição, você só precisa decidir praticar o amor, o perdão e a gratidão com disciplina, em todos os momentos do seu dia, olhando para tudo aquilo que te faz bem e parar de forçar nos problemas e nas situações que te machucam.

As suas cicatrizes compõe a sua história, mas as feridas que ainda estão abertas denunciam a pobreza das suas escolhas diárias, a falta de autoestima e bom humor, diante dos desafios da vida.

Experimente olhar para a sua história com carinho e se abrir para o novo, sem medo, com paciência e cuidado para ver como tudo começa a melhorar instantaneamente.

Experimente nutrir a sua alma, constantemente, com doses generosas de bom humor. Escolha se acolher com amor, se perdoar, perdoar os outros e ser grata(o).

Desperte para essa nova forma de viver e você vai ver que todas as peças desse quebra-cabeças embaralhado, vão começar a se encaixar perfeitamente.

Para transformar a sua realidade para melhor, procure perceber que, na maioria das vezes, a alegria, a irreverência e o bom humor espalham mais felicidade, do que o poder, a riqueza ou todo o dinheiro do mundo.

*DA REDAÇÃO RH. Texto de Robson Hamuche, idealizador do Resiliência Humana, terapeuta transpessoal e Constelador Familiar.

VOCÊ JÁ VISITOU O INSTAGRAM E O FACEBOOK DO RESILIÊNCIA HUMANA?

SE TORNE CADA DIA MAIS RESILIENTE E DESENVOLVA A CAPACIDADE DE SOBREPOR-SE POSITIVAMENTE FRENTE AS ADVERSIDADES DA VIDA.

RECOMENDAMOS









Robson Hamuche é Terapeuta transpessoal com especialização em constelação familiar, compõe a equipe de terapeutas do Instituto Tadashi Kadomoto (ITK). É também idealizador e sócio-proprietário do Resiliência Humana, grupo de mídia dedicado ao desenvolvimento humano, que reúne informação de qualidade acerca de todo o universo do desenvolvimento pessoal, usando uma linguagem leve e acessível.