O amor não sustenta a relação. O modo de se relacionar que sustenta o amor.

Resiliência Humana

Nos dias atuais, qualquer coisa é motivo para separação. Mas preservar um amor, ainda pode ser o melhor para o coração e para a família. Porque ser um casal perfeito não significa não ter problemas, mas sim superar todas as adversidades de um relacionamento de amor. Segredo não existe, mas essas 11 dicas podem ajudar muito a manter o seu relacionamento.

1- Diálogo aberto

É necessário se comunicar com clareza e sem julgamentos. Expressar sentimentos e expor opiniões sem a preocupação de estar certo ou errado porque os pontos de vista podem ser apenas diferentes. E, se aceitamos isso, eliminamos muitos problemas do relacionamento.

2- Respeito aos sentimentos

Um casal é a união de duas cabeças completamente diferentes e aquilo que um sente ou vê pode não fazer nenhum sentido para o outro, mas, quando há empatia, respeito e compreensão evitamos mágoas e construímos uma relação de amor duradoura.

3- Não expor o outro

Sabe aquela máxima, roupa suja se lava em casa? Pois, ela é real. Proteger seu parceiro(a) é um gesto de amor. Expor o outro, principalmente na frente de conhecidos, é sentido como uma traição por aquele que é humilhado e pode detonar a relação.

4- Ser amigos

Trocar confidências, escutar desabafos pessoais ou profissionais, dar conselhos, ser o ombro em momentos difíceis e comemorar as alegrias são algumas características fundamentais da relação de longo prazo. Amor é amizade com paixão.

5- Criatividade sensual

Evitar que a relação íntima caia na rotina ou no esquecimento é fundamental. Surpreenda, traga novidades para o namoro. Descubra o que agrada vocês dois. Assim, se a sua relação passar por um inverno rigoroso, o fogo da paixão não vai deixá-la congelar.

6- Entender erros

O mais importante não é o erro em si, mas a intenção. Não somos perfeitos, então, mesmo amando, cometemos erros. Mas, se o amor é maior, perdoe. Casais têm muito ainda o que aprender e evoluir com suas falhas. Ninguém é perfeito.

7- Respeitar as famílias

Em sua interpretação sobre a família dele não existe o amor que ele tem por ela. Por isso, mesmo que não os entenda ou tenha suas diferenças, respeite a família dele. Promova a união deles. Fará bem ao seu amado deixando-o mais feliz. E isso é amor.

8- Tratar bem

Gentileza e respeito no trato é inerente ao amor. Ninguém submete ou é submetido. A partir do momento que o desrespeito é aceito em uma relação a dois, o fim não demora a chegar e, claro, com muita confusão antes de terminar.

9- Saber abrir mão

É difícil encontrar o equilíbrio certo do “abrir mão”. Requer muita sintonia. Às vezes, não custa agradar, outras vezes, que não dá para encarar. Mas com muita generosidade e diálogo, é possível chegar lá com bom senso e ter uma relação justa e duradoura.

10- Não competir

Um casal se une para construir de um futuro ou uma família, em comum. Uma relação onde os parceiros, que deveriam se ajudar, competem entre si, não dura. Competir é rivalizar e não se unir. Só pessoas maduras conseguem ter relações duradouras.

11- Ser fiel

Fidelidade é importante em todos os sentidos. Quando um casal se forma, princípios e valores são unidos e misturados, e uma nova entidade moral surge, única e, provavelmente, diferente de quando estavam sozinhos. Para uma relação durar, ambos devem, honestamente, cumprir com sua palavra, porque o fim de um relacionamento começa na primeira mentira.

Relacionamentos exigem muito da gente, sim, mas vale a pena tentar melhorar sempre, sem jamais confundir amor com perfeição, pois, o amor-perfeito decidiu ser flor. Então, que, apesar das desventuras, você decida ser feliz!

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS


Resiliência Humana
Bem-estar, Autoconhecimento e Terapia

COMENTÁRIOS