Não se apegue a um amor que dói mais do que vale a pena

O amor é algo tão simples, mas também muito complexo. É algo que pode nos deixar muito felizes, mas, sem dúvida, também pode nos fazer sofrer.

E existem relacionamentos tão prejudiciais que nos causam mais tristeza, decepção e dor do que alegria e satisfação.

No entanto, por algum motivo que nem sabemos, estamos nos agarrando para mantê-lo. Persistimos incessantemente em tentar de novo, apegamo-nos a palavras e atitudes que nada têm a ver com a realidade, muito menos com a pessoa que amamos.

Acabamos tão confusos e perdidos na irrealidade, naquele sentimento entre o amor que gostaríamos de ter e aquele que realmente vivemos que nem sabemos o que fazer.

Não, não é errado amar alguém de todo o coração, ou lutar por esse amor e fazer com que as coisas deem certo.

O que não está certo não é que não haja reciprocidade, sentir-se mal por não ser retribuído e, sobretudo, ficar aí para ver se aquela pessoa, em algum momento, resolve mudar de ideia e do nada, como num passe de mágica, decida te amar tanto quanto você a ama é um risco.

É verdade que quem não arrisca não ganha, mas às vezes apostar tudo em um relacionamento complicado definitivamente não vale a pena.

A de dar tudo sem esperar nada em troca, me parece uma teoria um tanto conformista, porque mesmo que você lute por esse amor que sente e a outra parte não contribua, vai acabar esfriando.

Além disso, se essa pessoa realmente o amasse, ela não hesitaria em te mostrar, portanto, você não teria que lutar.

Talvez tenha havido um momento em que aquela pessoa te amou, mas algo aconteceu no caminho, em algum momento aquele fio que os unia se rompeu, a magia escapou. E isso não o torna uma pessoa má ou culpada.

Simplesmente o amor acabou.

Por outro lado, há pessoas que definitivamente não valem a pena, muito menos o seu amor e o seu tempo, como aqueles em que um dos dois vive decepcionado porque o outro não corresponde às suas expectativas, ou aqueles que vivem mais no passado do que no presente, cheios de ressentimentos por questões não resolvidas.

Também existem pessoas tão inseguras que precisam de afirmação constante para mostrar que as amam e começam a tentar manipulá-lo para se sentir seguro.

E há pessoas frustradas que, insatisfeitas com a vida, tentam controlar a felicidade do parceiro a ponto de perder a liberdade.

E sem esquecer de falar dos infiéis, daqueles que não sabem valorizar o carinho e a confiança, mesmo que os amem de verdade.

O amor verdadeiro nos enche de força e coragem para lutar, mas é decepcionante perceber que não há reciprocidade, que essa pessoa não está disposta a tentar de verdade, que não mudará suas atitudes e não cumprirá o que promete.

Então, inevitavelmente, surge aquela pergunta que tanto tememos, mas é necessária porque vem do fundo da nossa alma e exige uma resposta:

Vale a pena continuar? Vale mesmo a pena insistir?

É uma resposta na qual, sem dúvida, você terá que olhar para dentro de si mesmo, e primeiro terá que aprender a se respeitar, se valorizar e, acima de tudo, se amar, porque senão ninguém mais o fará.

Se você puder ver todo o bem que há em você e decidir primeiro reconquistar e lutar por si mesmo, sem dúvida encontrará uma saída que o levará à resposta correta.

Se essa pessoa merecer a tentativa, você estará pronto para exigir o que quiser desse relacionamento, fazendo com que ela veja que você merece ser amado e valorizado. E se essa pessoa realmente o ama, ela sem dúvida estará disposta a lhe dar o que você merece.

E se esse amor não merece tentar salvar o relacionamento, você estará pronto para abrir as mãos e abandonar aquele relacionamento que até agora não lhe trouxe nada de bom, apenas angústia e desespero devido a tanta indecisão, incerteza e incoerência.

Eu sei que é muito difícil deixar alguém que te ama demais, especialmente quando as ilusões são construídas sobre algo que nunca existiu.

Mas você deve aceitar isso, ser forte e entender que às vezes é melhor se retirar na hora do que continuar perdendo tempo onde você não é desejado ou necessário.

Vale muito a pena esperar para ver a que horas te chamam, ou ver que se ele te procura ou está com você é só porque não se sente sozinho ou porque precisa de alguém com quem sair, não porque ele realmente te ama.

Ninguém merece migalhas de amor, muito menos sofrer por quem não te valoriza.

Infelizmente você tem que passar por isso para perceber, mas não é em vão, é mais uma lição de vida e uma oportunidade de fortalecer o seu amor por si mesmo.

É hora de deixar para trás todas as lágrimas que você derramou e embora ninguém garanta que o caminho será fácil, que não haverá mais pedras nas quais tropeçar novamente, nunca se esqueça que você merece a felicidade.

Não perca seu tempo e sua vida insistindo em um relacionamento que não o faça crescer, que não o torne uma pessoa mais inteira e mais consciente.

Não deixe ninguém apagar o sorriso do seu rosto, porque agora é a hora de viver a vida, segundo a segundo, sem parar para pensar no que vai acontecer a seguir.

Nunca se esqueça que mais do que a dor, você merece a felicidade e que a única forma de amar com saúde é a partir da liberdade.

Só se entregue a um amor que realmente vale a pena.

*DA REDAÇÃO RH. Com informações DC. Foto de Megan Bagshaw no Unsplash

VOCÊ JÁ VISITOU O INSTAGRAM E O FACEBOOK DO RESILIÊNCIA HUMANA?

SE TORNE CADA DIA MAIS RESILIENTE E DESENVOLVA A CAPACIDADE DE SOBREPOR-SE POSITIVAMENTE FRENTE AS ADVERSIDADES DA VIDA.

RECOMENDAMOS









Bem-estar, Autoconhecimento e Terapia