Não deixe crescer dentro de você raízes de amargura.

Carla Tamara Santos

Quem não já sentiu em algum momento a amargura. É um sentimento amargo de angústia, aflição, desgosto e dor moral que nos atinge em cheio na alma. Mas, uma coisa é preciso dizer, não é bom que deixemos este sentimento crescer dentro de nós. Cultivá-la pode nos levar a muitos erros e a sérios prejuízos para nossa saúde. Isso acontece porque tudo que provém da amargura gera coisas ruins que impregnam nosso ser nos fazendo perecer lentamente.


Se deixarmos crescer dentro de nós a amargura, estaremos alimentando a natureza pecaminosa.

Todos os dias estamos lançando sementes no campo da vida. Isso implica que da mesma forma que é a semente lançada, assim será a colheita. Se semearmos ciúmes, inveja, desconfiança, pensamentos e sentimentos amargos, sem dúvida havemos de colher amargura para nossa
própria alma. Se mostrarmos bondade, amor, terna consideração para com os sentimentos de outros, certamente havemos de colher o mesmo.

É muito triste e desesperador saber que Jesus Cristo não habita num lar onde há contenda, inveja, e amargura. A Palavra do Senhor é clara quando Paulo, inspirado pelo Espírito Santo, diz: “Longe de vós, toda amargura, e cólera, e ira, e gritaria, e blasfêmias, e bem assim toda malícia.” (Efésios 4:31).

Por isso…

1. Não permita que seu coração fique remoendo mágoas! Cada vez que isso acontece, a amargura se mantém viva, pois remoer mágoas funciona como um alimento.

2. Não permita que a amargura crie raízes! Se pararmos para pensar, o que nutre uma árvore é a raiz, então corte o mal pela raiz e rapidamente este sentimento morrerá. Quando vier a tristeza ou pensamento mau, ouça um hino e pense no Céu, onde está Jesus, nosso Redentor!


3. Não permita que a amargura produza frutos! De que forma isso acontece? Temos a péssima mania de querer sempre achar um culpado para descarregarmos nossa amargura. Por isso, ouça com atenção! Mesmo que você tenha a quem culpar, não pague o mal com o mal, mostre que você não guarda mágoas e que não produz maus frutos em sua vida.

4. Não permita que a amargura manche o seu hoje e seu amanhã! Como você permite isso? Estando preso em seu passado, cheio de planos vingativos. Estar assim é permitir que a amargura atrapalhe a sua vida presente e até mesmo o seu futuro.

Portanto, resolva suas amarguras, peça ajuda ao Senhor para isso. Pois, este sentimento mau pode eliminar suas oportunidades e impedir que você avance e cresça, tanto profissional quanto pessoalmente.

NÃO CULTIVE AMARGURA EM SEU CORAÇÃO.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




Carla Tamara Santos
Sou Engenheira Agrônoma, Mestre em Ciências Ambientais e amante do bom relacionamento entre Deus e o homem, e o homem e o seu próximo. Sou admiradora do bem-estar social. Visite também - https://www.facebook.com/nossaconsagracaohoje/ https://www.facebook.com/bibliasagradamanualdevida/

COMENTÁRIOS