Não deixe a Síndrome do Impostor atrapalhar a sua vida! É difícil brilhar na vida quando suas capacidades, realizações e criatividade não combinam com a imagem mental que você tem de si mesmo – por isso, é importante anular esse autoconceito negativo para maximizar seu desempenho e também para se sentir satisfeito com o que se é.

Em última análise, a melhor maneira de dissipar a dúvida, a insegurança e a apreensão durante o processo da vida é entender as necessidades dos outros e as suas próprias necessidades, colocando-se no lugar deles. Ao refletir sobre as necessidades dos outros e sobre as suas próprias, conforme você as entende e contando uma história de como você resolveu problemas semelhantes, você aumentará sua confiança e não se colocará à frente apenas da concorrência, que você tanto teme, melhor ainda, você vencerá a si mesmo.

Como permanecer criativo quando a vida parece monótona

Estudos têm mostrado que a criatividade é aumentada quando somos expostos a experiências novas e inovadoras, mas em nossa era atual de distanciamento social, muitas de nossas rotinas se tornaram mundanas e previsíveis.

A pandemia nos conteve em nossos mundos limitados e quanto mais limitados somos, mais nos sentimos ansiosos pelo que pode vir a ser, se não conhecemos nem a nós mesmos, como poderemos conhecer o outro?

Muitas vezes pensamos que o outro é o problema, mas quando nos vemos refletido no outro, percebemos que sabotamos constantemente a nossa relação com ele e conosco mesmo. Sempre que acreditamos que estamos certos e que o outro está errado, temos um olhar limitado frente aos fatos, nada além do que a nossa interpretação e o nosso ponto de vista é levado em conta.

Essa visão unilateral, e o descontrole emocional, nos levam a acreditar em coisas que muitas vezes não apenas ilusões, e meras fatias do todo que envolve a questão.

Sejamos mais autênticos e honestos e veremos o que nos cabe nesse latifúndio. Deixando a hipocrisia de lado poderemos melhorar várias áreas da nossa vida, bastará parar de olhar para fora e começar a olhar para dentro.

Vencer a síndrome de impostor não é fácil, mas é possível.

Seja mais tolerante com os outros e consigo mesmo e verá que o que para você é certo, para o outro pode ser errado, e o que para você pode ser o melhor caminho a seguir, para o outro pode não ser. Toda vez que você pensa saber o que deve ser feito e simplesmente não faz, ou finge não saber o que precisa ser feito, ou simplesmente não consegue chegar a um denominador comum, você está jogando um jogo sujo consigo mesmo.

Todas as vezes que você arruma milhares desculpas e milhares de afazeres só para não ter tempo de olhar para as suas reais necessidades, você está jogando uma roleta russa.

A vida não tem pressa mas também não espera. Pare de jogar esse jogo e comece a rodar a roda a seu favor.

*DA REDAÇÃO RH. Com informações Harvard Business. *Foto de Roman Holoschchuk no Unsplash

VOCÊ JÁ VISITOU O INSTAGRAM E O FACEBOOK DO RESILIÊNCIA HUMANA?

SE TORNE CADA DIA MAIS RESILIENTE E DESENVOLVA A CAPACIDADE DE SOBREPOR-SE POSITIVAMENTE FRENTE AS ADVERSIDADES DA VIDA.

RECOMENDAMOS









Bem-estar, Autoconhecimento e Terapia