“Namore alguém que…” Cara! Namore alguém que você queira! Que você esteja MUITO afim, apaixonadaço mesmo, louco de amor.

Bruna Stamato

“Namore alguém que…”

Cara! Namore alguém que você queira! Que você esteja MUITO afim, apaixonadaço mesmo, louco de amor.

Porque, se no fim das contas não sair como o planejado, você ainda assim poderá se absolver das culpas no tribunal tirano da sua mente, com o incontestável álibi “Foi tudo por amor!” .

Queira e assuma isso para você. Eu quero assim mesmo…eu quero de qualquer jeito e então assuma as responsabilidades dessa escolha.

Se der errado, pelo menos você terá sido fiel ao seu desejo.

Poderá falar “Fiz porque quis!” e fo&a-se! O baile segue, a gente aprende e o coração recupera.

Às vezes a pessoa é malandra mesmo, nem sempre há reciprocidade exata, às vezes a gente sabe do risco, dos contra e mesmo assim quer matar a vontade e viver isso!

O que não dá, meu querido, é pra viver com o instinto reprimido, a paixão consumindo pior que veneno e o coração na rédea curta, em cárcere privado.

Solta.

Se joga! Se joga conscientemente. Sabendo de tudo e sem pretensão de mudar o outro. Sem grandiosos planos para um futuro distante.

A vida é uma só e a paixão às vezes aparece uma vez só também…e as paixões “tortas” costumam deixar lembranças inesquecíveis rsrsss

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS







COMENTÁRIOS




Bruna Stamato
"Mãe, mulher, geminiana, maluca e uma eterna sonhadora!"