MOTORISTA DE ÔNIBUS ESCOLAR AJUDA MENINA QUE PERDEU A MÃE A ARRUMAR OS CABELOS ANTES DE ENTRAR NA ESCOLA

Antes de ler esta história sobre um motorista de ônibus muito, muito gentil, aqui está um aviso. Pegue seu lenço de papel e garanta que seus filhos estejam a uma curta distância.

“Quando eu era menino e via notícias assustadoras, minha mãe dizia:“Procure os ajudantes. Você sempre encontrará pessoas que estão ajudando.”- Fred Rogers

Uma doce menina de 11 anos chamada Isabella Pieri perdeu a mãe aos 9 anos. Foi um período terrível em que o pai de Isabella estava lutando com a perda de sua esposa e com todas as coisas que ela fazia pela família.

Uma dessas coisas era cuidar do cabelo da filha. Ele confessava que não sabia fazer isso e parecia estar piorando as coisas. A filha dele chorava quando ele acidentalmente puxava o cabelo dela.

“Originalmente, levei a um profissional para fazer um corte porque não sabia como, e o cabelo estava embaraçado e não conseguia desembaraçar por nada”, disse ele à emissora de notícias local.

“Ela fica brava comigo por puxar o cabelo dela. Eu não sabia como fazer isso”.

Quando o cabelo de Isabella começou a crescer novamente, ela começou a puxá-lo para um rabo de cavalo. Um dia, disse o pai, ela voltou para casa com um estilo diferente do seu rabo de cavalo habitual. O cabelo dela “estava lindo”, ele disse.

ACONTECE QUE UM MOTORISTA DE ÔNIBUS MUITO GENTIL ESTAVA POR TRÁS DISSO.

Tracy Dean é a motorista de ônibus de Isabella e, aparentemente, ela tem um coração tão grande quanto … bem … um ônibus! Quando Isabella reuniu a coragem de pedir ajuda a Tracy com seus cabelos, tudo mudou.

“Eu posso dizer que ela estava lutando com o cabelo”, disse Tracy à ABC News.

“Geralmente fazemos duas tranças francesas primeiro e de vez em quando ela só quer uma trança. Eu também a ensinei como escovar os cabelos. Ela entrava no ônibus e dizia: ‘Eu escovei meu cabelo. Parece bom? “E eu dizia: ‘Você foi incrível.'”

*Via Kitchen Fun Withmy. Tradução e adaptação REDAÇÃO Resiliência Humana.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS






COMENTÁRIOS




Bem-estar, Autoconhecimento e Terapia