Momentos de dificuldades: 12 Lembretes para lidar com eles

Gabi Barboza

Essa nossa vida adulta bate e abraça mesmo. Momentos de dificuldades fazem parte da nossa jornada. Vida boa era na infância que a gente arrebentava o joelho no asfalto ou em alguma pedra, fazendo trilha de bike. E tinha que inventar qualquer coisa pra mãe e fugir de ir pro hospital tomar 582 pontos. Enquanto berrava em baixo do chuveiro por ela lavar a ferida com sabonete.

Agora na vida adulta, é o espelho que joga verdades como espadas afiadas na nossa cara, a cada decepção que a gente mesmo cava. Então vem os momentos de dificuldades. Nos debulhamos em lágrimas e só conseguimos dizer, em pensamento “Deus, me ajuda!”. E às vezes, a caminhada torna-se tão cansativa que nem sabemos listar a Ele, o Todo Poderoso, o que queremos.


Precisamos ser fortes e nos lembrar dessas 12 verdades sobre nós mesmas, para não nos enterrarmos numa cama. Para não nos sentirmos as piores criaturas da Terra:

1. Só passamos pelo que podemos suportar
Se criamos a situação ou ela veio de “brinde”, não importa. Só passamos pelo podemos aguentar.

2. A pessoa que nos feriu não tinha noção do nosso momento
Essa é difícil de nos lembrarmos, eu sei! A tendência é ficar com raiva da pessoa. E querer maldizê-la e pensar tudo de ruim sobre ela. Pode fazer isso, mas depois chegue à esse ponto óbvio: a pessoa não tinha noção do nosso momento.

3. O que não deu certo, serve de experiência
Cada dificuldade que esses momentos nos trazem, por mais complicados que sejam, trazem experiência.

4. Se está sendo algo que exige esforço demais, não é pra você
Se traz muito sofrimento e torna a sua vida demasiadamente pesada, não é pra você. É sério! Há um abismo entre algo que exige esforço e o que traz sofrimento psicológico.

5. Nem todos os amigos estão dispostos a nos ouvir nessas horas
Desabafar é ótimo, faz bem mesmo. Mas com quem você faz isso? Cuidado ao escolher a pessoa. Além de ser que pode te decepcionar lá na frente, essa pessoa pode não estar disponível pra isso.

6. Tem gente na mesma situação que você
Costumamos achar que só nós estamos enfrentando o problema da vez. O desemprego por exemplo. Tem gente que também está procurando nova oportunidade no mercado de trabalho, com currículo tão bom quanto o seu. E também procurando há um ano como você.

Se você tenta há anos engravidar, calma. Tem outras mulheres na mesma situação. Não é só você nessa.

Esteja em redes como o Linkedin para ver que há muitos desempregados e entre em grupos no facebook e futuras mamães, por exemplo. Assim você consegue interagir com pessoas na mesma situação que você.

7. Talvez se disponibilizar a alguém faça você melhorar
Se doar, plantar o bem. Isso faz com que você libere uma boa energia e assim, ela acaba voltando pra você.

8. Chorar alivia, está liberado!
Já ouviu dizer que “chorar lava a alma”? Lava sim, viu?! E faz um bem danado!

9. Nem todos vão entender a sua dor, mas ela existe e deve ser respeitada
Cuidado ao dividir seus momentos de dificuldades em redes sociais. Nem todo mundo vai entender. Há quem julgue. Há quem minimize. Você sabe o quanto dói e eu respeito isso. Mas nem todos agem assim.

10. Nem tudo sai mesmo como planejamos
É normal. É aceitável também sentir-se derrotada. Quando algo dá errado, é momento de avaliar o aprendizado. O planejamento, quando depende única e exclusivamente de você, pode dar certo. Mas envolvendo mais pessoas, está sujeito a não sair como esperamos mesmo.

11. Você não é um fracasso, só errou durante o caminho
Então nos sentimos tão mal que só pensamos “eu sou um erro”, “não sei porquê insisto em tentar”, “nada dá certo” e coisas do tipo. Mas lembre-se: você não é um fracasso. Foi só um erro pelo caminho.

12. Isso vai passar
Meu pai sempre me diz isso: “isso vai passar”. É confortante ouvir isso, por isso também gostaria de te lembrar, nesses momentos de dificuldades: vai passar.

Você é forte. Talvez seja “só” o momento que não esteja bom. Tente se acalmar, não se cobrar tanto. A vida bate forte mesmo, mas temos que encarar e dizer “bate mais!”.
Cada erro durante o percurso da vida, nos permite crescer e aprender.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




Gabi Barboza
É graduanda em Psicologia, tem 32 anos. Como o que faz o mundo dela girar, são as pessoas, trabalha com Recursos Humanos. É mineira, bem casada com um Gaúcho lindo. Mora em Porto Alegre desde 2012. Está sempre lendo e ama escrever. Se sente rica, por ter vários livros em uma estante que é o seu tesouro. Ama se engajar em causas sociais, crê que a única coisa que levamos desse mundo, é o que plantamos. E que as boas obras, são fundamentais.

COMENTÁRIOS