Menino ucraniano viraliza ao abraçar crucifixo e rezar pela paz

O conflito na Ucrânia continua, e por mais que o mundo clame por paz, a cada novo dia, ela se torna mais distante. Os ataques por parte dos Russos não param, e civis ucranianos sofrem as consequências.

Se como pais, tivemos dificuldade em explicar para os nossos filhos, os motivos pelos quais, tinhamos que ficar em casa durante a pandemia, imagine os pais ucranianos, tendo que explicar para os seus filhos o que está acontencendo, e por que, os Russos, estão bombardeando e tornando reféns, civis e até crianças.

O que resta a todas essas famílias é se agarrarem a fé, é acreditarem que Deus, vai interceder a qualquer momento por eles.

E essa certeza é o que levou um bebê a se agarrar a um crucifixo, como se pedisse a Deus que salvasse seu povo desse malq ue os abateu.

Um menino ucraniano viralizou nas redes sociais após ser filmado abraçando um crucifixo, beijando-o e rezando pela paz na Ucrânia.

As imagens foram compartilhadas pelo jornalista católico Sachin Jose, que publicou dois vídeos do garotinho.

No primeiro, o menino abraça e beija o crucifixo enquanto reza:

No outro, o pequeno reza de mãos levantadas perante o grande crucifixo de uma igreja:

Essa cena comovente e singela, nos faz pensar na maldade que está acontecendo na Ucrânia como uma forma de despertar os corações puros para o fim da crueldade no mundo.

Não podemos mais aceitar que atrocidades contra a vida continuem acontencendo. Devemos nos unir para orar pelas famílias que enfrentam bárbaries pelo mundo a fora, e pedir para que a paz e o amor vença.

Nada justifica tamanha destruição, não podemos ficar apenas olhando o sofrimento dos outros sem nada fazer. Precisamos nos ajoelhar e pedir a Deus pelo fim da maldade nos corações humanos.

*DA REDAÇÃO RH.

VOCÊ JÁ VISITOU O INSTAGRAM E O FACEBOOK DO RESILIÊNCIA HUMANA?

SE TORNE CADA DIA MAIS RESILIENTE E DESENVOLVA A CAPACIDADE DE SOBREPOR-SE POSITIVAMENTE FRENTE AS ADVERSIDADES DA VIDA.

RECOMENDAMOS









Bem-estar, Autoconhecimento e Terapia