Medo, não vou mais segurar as partes de mim que deveriam brilhar. Não estou mais me permitindo ser controlada por você, pela dúvida, pela preocupação ou pelo julgamento.

Não estou mais suprimindo as partes de mim que querem gritar pro mundo o meu valor, e não estou mais permitindo que as pessoas controlem as minhas escolhas e que me fizeram assim, exatamente como me tornei.

Não estou mais retendo as partes de mim que me tornam diferente, único ou talentoso e não tenho mais medo de como os outros me percebem.

Não aceito mais amor indiferente ou relacionamentos medíocres.

Não estou mais me contentando com experiências que não me preenchem ou me fazem sentir viva.

Não estou mais permitindo que as pessoas me amem em pequenas doses ou me ofereçam migalhas de afeto, porque o amor deve ser fonte e sempre oferecer mais, amar mais, não se conter ou se limitar.

Não procuro mais o amor em pessoas que não sabem como me amar.

Estou abraçando todas as partes de mim que ainda estão se curando e estou abraçando minha vulnerabilidade.

NÃO VOU PERMITIR MAIS QUE O MEDO esconda todas as partes de mim que são difíceis de amar, porque não são elas que me definem.

Não estou mais permitindo que as pessoas usem meus erros contra mim, porque eles me trouxeram onde estou hoje e eu não faria de outra maneira.

Não estou mais permitindo que as pessoas e suas crenças limitantes me definam ou ditem meu futuro. Não estou mais interessado no que eles têm a dizer ou pensar.

Estou aqui para viver, para aprender, para evoluir e não vou deixar ninguém tirar isso de mim. Este é o momento de retirar meu poder de todos aqueles que tentaram suprimir minha voz ou me rebaixar ou rotular para que eu DESISTISSE E FICASSE sentado em um canto pelo resto da minha vida, perdendo a oportunidade de viver de verdade.

Já cedi a essas limitações no passado, mas isso só me impediu de ser feliz e livre.

Não estou mais deixando as pessoas me prenderem. Estou aprendendo a me libertar de todas essas correntes.

Não estou mais segurando as partes de mim que deveriam brilhar, porque essas partes estão dentro de mim por uma razão e eu ainda estou aqui na terra por uma razão. Não há mais tempo a perder.

Essas partes têm o propósito de brilhar e iluminar minha vida e não permitirei que ninguém as obscureça ou quebre. Essas peças têm um propósito e estou prestes a descobrir exatamente o que é.

E ninguém, nem o medo, vão me impedir!

*DA REDAÇÃO RH. Com informações TC.

VOCÊ JÁ VISITOU O INSTAGRAM E O FACEBOOK DO RESILIÊNCIA HUMANA?

SE TORNE CADA DIA MAIS RESILIENTE E DESENVOLVA A CAPACIDADE DE SOBREPOR-SE POSITIVAMENTE FRENTE AS ADVERSIDADES DA VIDA.

RECOMENDAMOS









Bem-estar, Autoconhecimento e Terapia