Medo de Perder – Como Lidar Com Esse Sentimento em Sua Vida?

Resiliência Humana

Todo indivíduo tem algum tipo de medo e isso é bastante natural. É através desse sentimento que os seres humanos identificam ameaças e buscam formas de se proteger delas. Contudo, pode se transformar em um problema quando se torna uma crença limitante, que incapacita e impede a ação. O medo de perder, em especial, faz com que uma pessoa deixe de desfrutar o aqui e agora em sua plenitude, pois os seus pensamentos estão sempre tomados pela insegurança em relação ao futuro.

Se está passando por isso, saiba que é possível mudar o seu mindset e adotar uma forma mais positiva de viver, com foco no presente. O receio de perder algo ou alguém, quando na dosagem certa, faz com que se aproveite melhor os momentos ao lado dessas pessoas e as oportunidades que se tem. Entretanto, é importante manter o equilíbrio para não perder o controle sobre os sentimentos e sofrer sem necessidade.

Como Vencer o Medo de Perder

Existe uma frase atribuída a Nelson Mandela que diz: “A coragem não é a ausência do medo, mas o triunfo sobre ele”. Saiba que você é capaz de triunfar sobre o medo que sente e isso é possível, principalmente, através do autoconhecimento. O indivíduo que se conhece adquire inteligência emocional e não dá espaço para a criação de crenças bloqueadoras, que são tão prejudiciais. Além disso, existem outras atitudes que podem te ajudar a mudar a forma de pensar e a se tornar mais confiante, confira.

1 – Cuide da Sua Autoestima
Geralmente, aqueles que se deixam dominar pelo medo de perder, possuem problemas em relação à autoestima, pois acham que não são capazes de manter algo, seja um relacionamento ou emprego, por exemplo. Então, é importante buscar se conhecer, descobrir que tem qualidades e, assim, se tornar uma pessoa mais confiante e segura. Isso irá promover uma mudança no seu comportamento e mente e influenciará sua vida de forma positiva, tanto em relação ao lado pessoal quanto profissional. Valorize-se!

2 – Descubra a Origem do Seu Medo
Dificilmente um indivíduo sente medo sem motivo, se não for um problema de autoestima, pode estar relacionado a algum trauma vivido no passado. Através do autoconhecimento, também será possível identificar que acontecimento foi esse. Ao descobrir a origem do que sente conseguirá trabalhar isso, minimizando o impacto do medo em sua vida.

3 – Exerça a Gratidão
Substitua os pensamentos negativos pelos positivos, lembre-se de tudo de bom que já aconteceu em sua vida e seja grato. A gratidão é um sentimento transformador, pois faz com que cada indivíduo aprenda a valorizar o que tem e deixe de alimentar sentimentos de insatisfação pelo que não tem, o que gera ansiedade. Sempre que começar a ter pensamentos em relação ao medo de perder algo, pare e repense, foque na gratidão que sente por estar vivendo isso no presente.

4 – Aprenda a Valorizar o Aqui e Agora
O futuro é um mistério para todos os seres humanos, pois não há como prever os acontecimentos seguintes. Contudo, alimentar medos irracionais apenas irá fazer com que deixe de aproveitar cada dia com plenitude. Aprenda a valorizar o presente e canalize o seu medo de forma positiva, se tornando uma pessoa precavida, que considera o futuro ao tomar decisões, mas sem neuras.

5 – Sempre Dê o Seu Melhor
Outra forma positiva de ressignificar o medo de perder é transformando-o em motivação para sempre dar o seu melhor no que fizer. Em relação ao âmbito profissional, procure sempre realizar o seu trabalho com dedicação. Já em se tratando de relacionamentos, desfrute dos momentos ao lado de quem ama, tratando-os sempre com carinho e investindo no diálogo ao invés de discussões que não levam a nada. Ao agir assim estará naturalmente cultivando tudo o que ama e não quer perder.

6 – Compartilhe os Seus Medos
Uma maneira interessante de racionalizar o medo de perder é falando sobre ele. Converse com alguém em quem confie e fale a respeito do que sente ou, se preferir, você pode escrever em uma espécie de diário. Esse exercício de colocar seus pensamentos para fora irá te ajudar a enxergá-los sob uma perspectiva mais realista e, assim, poderá trabalhar cada medo, fazendo com que se tornem cada vez menores e insignificantes.

7 – Evite Palavras Negativas
As palavras que diz têm mais poder do que imagina e o efeito delas pode tanto ser negativo quanto positivo, depende de como você escolhe o caminho que deseja seguir. Nesse sentido, comece a se atentar para a forma com que se refere ao seu medo. Se costuma dizer, mesmo que mentalmente, que não vai conseguir, que é incapaz, que nada vai dar certo, fará disso a sua verdade. Então, prefira se apegar a uma verdade positiva, escolha acreditar que é capaz de conquistar e manter o que deseja e ser feliz.

8 – Viva a Realidade
O medo excessivo leva as pessoas a fantasiar a realidade, isso faz com que sempre pensem que irão perder o emprego, as pessoas que amam e tudo aquilo que consideram importante. O ato de fantasiar acaba se tornando um hábito, que as limita e as impede de serem felizes. Procure pensar sobre a visão que tem sobre as coisas, se são ideias reais ou fantasiosas. Vá mudando aos poucos e logo perceberá que está enxergando os fatos e relacionamentos de forma mais realista.

Faça Isso Por Você!
A única pessoa que pode te ajudar a se livrar do medo e da insegurança é você mesmo. Nenhuma outra pessoa será capaz de fazer com que se sinta seguro, pois esse sentimento deve vir do seu interior. A segurança e a autoconfiança serão conquistadas quando você se voltar para si e se conhecer verdadeiramente, na mais pura essência.

Por fim, lembre-se que o medo de perder algo ou alguém que considera importante é realmente uma reação normal do ser humano. Entretanto, quando ele começa a superar o resto da sua vida é sinal de que há algo errado e que precisa ser trabalhado e aperfeiçoado. O fim pode chegar para todos e não há como controlar isso, o que podemos fazer é valorizar e desfrutar de tudo o que temos no presente. Viva sempre um dia de cada vez.

FONTEPor: José Roberto Marques
COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS





COMENTÁRIOS




Resiliência Humana
Bem-estar, Autoconhecimento e Terapia