Médicos chineses exaustos descansam nos corredores dos hospitais

Resiliência Humana

A atravessar uma crise epidémica que já provocou a morte a, pelo menos, 304 pessoas, tendo sido já registados mais de 14 000 casos de pessoas infectadas com o vírus coronavírus, a China tem estado no centro das atenções de todo o Mundo.

Apesar de todos os esforços para tentar controlar o vírus e conter o surto, nomeadamente tendo já sido colocada em quarentena a província de Hubei – onde o vírus teve origem, e restringido drasticamente a circulação automóvel, além de ter sido imposto um recolher obrigatório em algumas das cidades mais afectadas, como o caso de Wenzhou, o vírus continua a fazer vitimas.

Ainda assim, os médicos chineses não desistem e continuam a batalhar para ajudar quem mais precisa neste momento, tentando de tudo para salvar as pessoas infectadas. Contudo, o cansaço por vezes é tanto que estes não resistem em descansar nos próprios corredores dos hospitais ou até mesmo nas cadeiras das salas de espera.

Na rede social chinesa Weibo, semelhante ao Twitter, os usuários compartilharam uma série de fotografias que destacam as altas horas de trabalho que os médicos dedicam a esta crise de saúde.

De acordo com o Oriental Daily, os usuários deixaram comentários com mensagens de apoio aos médicos que deixam as suas vidas nos hospitais para salvar pacientes.

“Eles são os verdadeiros heróis deste país”, escreveu um dos usuários, enquanto outro agradeceu e apoiou o trabalho duro.

“Graças aos trabalhadores da linha de frente, trabalho duro, muito obrigado”, disse um deles, juntamente com dezenas de outras mensagens emocionais.

Uma salva de palmas para todos estes profissionais, que trabalham horas e horas a fio para  ajudar os que mais precisam 👏👏👏

Fonte: UPSOCL

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS






COMENTÁRIOS




Resiliência Humana
Bem-estar, Autoconhecimento e Terapia