Médico pede cumprimento de medidas de higiene no Natal: “Tem família que nunca mais vai se reunir”.

Por Cristofer García

A pandemia COVID-19 não acabou e o Dr. Ángel Sánchez Vázquez sabe disso muito bem. Por saber da calamidade que estamos vivendo, e por vivê-la na prática, ele lançou a campanha “Doutor com pôsteres”, e começou a escrever cartazes com mensagens de conscientização para que a população seja responsável nessa época do ano.

Percebendo o movimento nos comércios por conta do Natal e embora ele saiba que todos querem ter por perto os entes queridos nessa data, inclusive ele, para celebrar essa noite festiva como era antes, é preciso que todos caiam na real que este ano precisará ser diferente.

A pandemia COVID-19 distanciou as famílias, e é preciso que seja assim, mesmo nas datas mais importantes.

O médico alerta que a crise sanitária continua sendo uma ameaça e que não podemos fingir que já passou só porque é Natal!

Embora muitas pessoas já estejam esgotadas e queiram sair por aí fingindo que está tudo bem, com ou sem suas máscaras, estão fartas de ter que manter a distância da família, é importante não baixar a guarda.

Por isso, este médico de Madrid, Espanha, iniciou uma campanha para lembrar às pessoas que esta emergência ainda não acabou.

médico
Angel Sanchez Vazquez

O médico residente Ángel Sánchez Vázquez usou suas redes sociais para comunicar de forma criativa às pessoas que ainda existem muitos riscos de exposição ao coronavírus.

Por isso, publicou uma série de fotografias suas levantando cartazes com diferentes mensagens para motivá-los a cumprir as medidas .

medico-lanca-campanha
Angel Sanchez Vazquez

“Há famílias que nunca mais vão se reunir no Natal. Cumpre as normas”, pode ser lida em uma das mensagens desta série fotográfica chamada “Doutor com cartazes”.

médico-levanta-cartaz
Angel Sanchez Vazquez

Em outros cartazes, o médico recorda a importância de usar uma máscara para evitar contágios, além da necessidade de vacinação quando as doses chegam neste país europeu, devido aos “anti-vacina”, grupos que levantam a desconfiança destes tratamentos.

Até quarta-feira, 16 de dezembro, a Espanha contabilizou pelo menos 1.762.212 casos confirmados de COVID-19, com cerca de 48.401 óbitos por essa causa.

Nas últimas semanas, este país sofreu surtos da doença que pareciam controlados, razão pela qual estas festas de Natal acendem os alertas.


Angel Sanchez Vazquez

É por isso que o Dr. Sánchez Vázquez continuará levando os cartazes no hospital e continuará sua campanha, que se popularizou nas redes sociais, com milhares de curtidas.

*DA REDAÇÃO RH. Com informações UPSOCL.

VOCÊ JÁ VISITOU O INSTAGRAM E O FACEBOOK DO RESILIÊNCIA HUMANA?

SE TORNE CADA DIA MAIS RESILIENTE E DESENVOLVA A CAPACIDADE DE SOBREPOR-SE POSITIVAMENTE FRENTE AS ADVERSIDADES DA VIDA.

RECOMENDAMOS









Bem-estar, Autoconhecimento e Terapia