Mantenha a Boa Fé para resistir as adversidades e desenvolver a Resiliência na vida!

Resiliência Humana

Mantenha a Boa Fé para resistir as adversidades e desenvolver a Resiliência na vida!

Seja extraordinário; exercite a boa fé na solução de seus problemas.

O professor Preston Ni MSBA aborda legitimamente a fé como um aspecto da dureza e resiliência da vida. Ele diz:

“Existem muitas maneiras de manter sua fé viva, como a fé em si mesmo”.

Hoje, quero mostrar como a fé provém da resistência da personalidade.

Boa versus má fé

Temos uma escolha na vida para exercer boa ou má fé sobre as coisas que acontecem conosco. Pessoas resistentes exercem boa fé em situações estressantes.

A boa fé diz:

“Tenho o poder de encontrar significado no que aconteceu comigo que vai me ajudar a crescer, aprofundar meu autoconhecimento, me ajudar a viver com mais autenticidade e abrir novas possibilidades de vida”.

A boa fé torna o copo meio cheio, em vez de vazio, por causa dessa compreensão específica, e não por falsas esperanças ou negando a tensão da circunstância. Portanto, a fé na resistência é mais uma ação do que uma inspiração.

Deixe-me dar um exemplo de boa versus má fé, para mostrar o que quero dizer:

Cesar e sua família haviam se mudado recentemente para um outro bairro. Infelizmente, o bairro ainda abrigava uma gangue adolescente que ficava na esquina da nova residência de Cesar. Cesar via os adolescentes todas as manhãs quando saía para o trabalho. Ele se sentiu muito desconfortável ao deixar sua esposa e dois filhos pequenos em casa, sozinhos.

Ele estava estressado e com raiva. Ele pensou que estava mudando sua família para uma vida melhor. Mas agora ele tinha que lidar com esse problema. Os garotos saíamos juntos, fumando cigarros e falando besteiras. Ficam na esquina de Cesar o dia todo, desde quando ele sai para trabalhar até quando ele chega em casa.

Os adolescentes ainda não haviam feito nada de criminoso. Mas Cesar tinha certeza de que nada de bom viria dessa situação.

Ele estava tão envolvido com todas as coisas ruins que poderiam acontecer com sua família que ele não conseguiu se concentrar no trabalho e começou a dormir mal. Ele sabia que tinha que fazer algo em breve.

Cesar cresceu em um bairro latino pobre. Ele tinha pais amorosos, mas eles não sabiam como ajudar Cesar a integrar a cultura americana. César aprendeu cedo que, para ter sucesso na vida, ele próprio tinha que fazer isso acontecer. Isso ajudou a fortalecer sua resistência, aprendendo desde cedo que a fé em si mesmo envolvia a tomada de ações construtivas para transformar a adversidade em possibilidade.

Para encurtar a história, Cesar convocou seus vizinhos a abrir um centro comunitário sem fins lucrativos para tirar esses adolescentes das ruas.

Além disso, o centro iria fornecer aos meninos recursos para se desenvolverem.

Se César tivesse agido de má-fé com relação a esse problema, ele poderia ter enfrentado com raiva os adolescentes, dizendo-lhes para sair da vizinhança.

Cesar teria agravado as tensões entre os meninos e os moradores do bairro, fazendo pouco para resolver o problema.

Quando você age de boa fé, resolve problemas de uma maneira extraordinária.

Você vê o escopo completo do problema.

Cesar entendeu que os adolescentes tinham o direito de viver na vizinhança tanto quanto ele. Afinal, eles estavam lá primeiro.

Sua solução foi extraordinária, não porque ele ajudou a criar um centro comunitário, mas porque agiu com a fé de que tinha uma solução que funcionava para todos os envolvidos.

*Com informações de Psycology Today. Tradução e adaptação REDAÇÃO Resiliência Humana.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




Resiliência Humana
Bem-estar, Autoconhecimento e Terapia