Mãe e filha abraçadas após meses separadas pelo coronavírus: “Não se expressa em palavras”

“É difícil colocar em palavras, a gente nunca pensou que ia ficar tanto tempo separadas. É normal, não é, realmente sinto muito por todas as pessoas que ainda não podem ficar juntas assim”, disse a filha, Fiona Scott.

A pandemia causada pelo coronavírus separou milhares de famílias ao redor do mundo, depois de mais um ano com a doença presente, felizmente, nos últimos tempos, essa crise de saúde parece estar mostrando sinais de melhora não aqui no Brasil, mas em outras partes o mundo e especialmente na Escócia, onde residem as duas. E esse é o caso dessa família que agora pode se reunir novamente.

Graças ao processo de vacinação e à boa resposta às medidas de higiene, muitos entes queridos conseguiram reencontrar-se, como é o caso desta filha que voltou a abraçar a sua mãe de 90 anos.


PA

Como é bem sabido, os casos mais graves do COVID-19 afetam muito mais os idosos, por isso devem ser cuidados com mais atenção. Isso é bem conhecido por Fiona Scott, uma mulher da Escócia que decidiu não ir ver sua mãe, Mary Cook, até que fosse completamente seguro.

Porém, esperava aquele abraço com muitas ansiedades. “(É) o começo de mais abraços para muitas, muitas pessoas”, disse Scott, conforme relatado pelo Daily Mail.

Sua mãe é residente do lar de idosos Queen’s House em Kelso, Scottish Borders, e pôde ver através do alívio das medidas de distância na Escócia. Claro, para isso ainda precisavam usar equipamentos de proteção para manter a higiene, como luvas, máscaras faciais e um traje especial.

filha-abraça-mae
Reuters

“É difícil colocar em palavras , você nunca se sente tão separado. É normal, certo? Eu realmente sinto muito por todas as pessoas que não podem ficar juntas assim. Tocar e sentir podem dizer muitas palavras. O abraço é um gesto que não pode ser expresso em palavras, mas que transmite muito para a pessoa”, disse Scott.

Enquanto isso, o gerente da casa de repouso, Steven Bailey, disse que “a diferença é incrível: ver Mary e Fiona hoje é a melhor sensação do mundo. Isso me lembra de todas as razões pelas quais faço este trabalho. Acho que será muito difícil para todos, incluindo a equipe. Se passou bastante tempo”.


Reuters

Graças ao desenvolvimento de várias vacinas para prevenir o coronavírus, o mundo está atualmente em processo de inoculação para acabar com esta emergência sanitária de uma vez por todas. Mas o Brasil e ainda alguns países estão caminhando a passos lentos e vacinando a conta gostas a sua população, se continuar nessa velocidade, por aqui ainda demorará para nos sertirmos seguros novamente.

*DA REDAÇÃO RH. Com informações UPSOCL.

VOCÊ JÁ VISITOU O INSTAGRAM E O FACEBOOK DO RESILIÊNCIA HUMANA?

SE TORNE CADA DIA MAIS RESILIENTE E DESENVOLVA A CAPACIDADE DE SOBREPOR-SE POSITIVAMENTE FRENTE AS ADVERSIDADES DA VIDA.

RECOMENDAMOS









Bem-estar, Autoconhecimento e Terapia