Mãe de Nego do Borel afirma: “O que estão fazendo com o meu filho é racismo”.

O assunto da semana gira entorno da expulsão de Nego do Borel da Fazenda. Muitos acreditam que a grande culpada disso tudo estar acontecendo é a emissora Record que decidiu colocar um participante que está respondendo judicialmente por agressão e estupro, mas a mãe do cantor não pensa assim, ela declarou que o filho está sofrendo racismo.

Falar até papagaio fala, não é mesmo? Mas a verdade irá aparecer, e mais clara do que nunca, visto que as situações que Nego do Borel protagonizou ao vivo dentro do reality já dizem por si só.

Muitos famosos se manifestaram sobre o assunto, e a maioria das pessoas está muito impactada com o suposto “abuso” que a participante Diane sofreu enquanto estava inconsciente e bêbada.

O machismo imperou nas falas dentro e fora da casa, muito culparam a mulher, como sempre acontece, disseram que ela provocou e que ela estava querendo que aquilo acontecesse. Mas as câmeras da Record pegaram o momento em que Daiane dizia NÃO, NÃO QUERO, diversas vezes. E mesmo assim, Nego seguiu até se satisfazer por completo.

 

O que precisamos dizer é que uma mulher não pode ser violentada simplesmente porque está na mesma cama de um homem, ou porque está com uma roupa curta, ou porque está sendo legal e companheira, muito menos se ela estiver alcoolizada.

Uma coisa precisa ser dita. Imagine que você tem um amigo como Nego do Borel, gosta muito de se divertir com ele, de dar risada, de beber uma dose a mais ao lado dele, e você confia que está segura ao seu lado, por isso, se permite beber um pouco mais, de repente, você acorda toda suja ao lado dele, e pensa: “O que aconteceu?” Daí você entende que o seu “amigo”, aproveitou o momento em que você estava inconsciente para usar o seu corpo. O que você acha disso?

Obviamente, você não confiaria mais nessa pessoa, não é mesmo? Você se sentiria uma idiota por ter confiado nele, não é mesmo? Você sentiria uma culpa profunda por ter se deixado levar…

Pois bem, as mulheres já estão acostumadas a serem culpadas pela violência que sofrem no dia a dia, mas isso não quer dizer que vamos aceitar essa situação como algo “normal”.

Veja só o que alguns famosos falaram sobre o caso:

Ingrid Guimarães disse que a culpa nunca é da mulher, e perguntou: Se você sua irmã ou sua filha?

Já Juliette se manifestou pedindo apuração URGENTE.

Rafinha Bastos afirmou que Nego do Borel nem deveria ter entrado no programa.

Enquanto o ex-apresentador do programa, Brito Junior se manifestou contra a emissora e ainda mandou recado para Adriane Galisteu.

polemica

Já a mãe do cantor Nego do Borel saiu em defesa do filho dizendo que o que estão fazendo com o seu filho tem outro nome, e o nome disso é racismo.

 

Compartilhado pelo perfil @beni, os dois aparecem felizes e juntos logo após a expulsão.

E em um outro post ela escreveu:

polemica-neg0-do-borel

O que vocês pensam sobre isso? É justo uma mãe passar a mão na cabeça do filho dessa forma? É justo uma emissora de Tv tentar limpar a imagem de um agressor? É justo culpar a mulher por um ato sexual não consentido?

Compactuar com a mentira e negar a verdade já está sendo uma constante no Brasil, mas até quando?

Em seu Instagram, Nego do Borel deixou um comunicado, uma explicação para um ato inexplicável. Muitas vezes, a forma como fomos criados pela nossa mãe, diz muito sobre como fugimos a responsabilidade de nossos atos. Não acham?

*DA REDAÇÃO RH. Com informações Instagram.

VOCÊ JÁ VISITOU O INSTAGRAM E O FACEBOOK DO RESILIÊNCIA HUMANA?

SE TORNE CADA DIA MAIS RESILIENTE E DESENVOLVA A CAPACIDADE DE SOBREPOR-SE POSITIVAMENTE FRENTE AS ADVERSIDADES DA VIDA.

RECOMENDAMOS









Bem-estar, Autoconhecimento e Terapia