Juíz que condenou Fernandinho Beira Mar diz que se tornou refém em sua própria casa. “Tenho medo”.

O Juíz Odilon ficou conhecido por ter prendido um dos homens mais perigosos do Brasil, o traficante Fernandinho Beira Mar. Ele viviu a sua vida toda com escolta policial, mas depois que aposentou, perdeu o benefício da escolta e vive preso em sua casa, junto com a esposa, com medo de ser vítima de vingança.

A história de vida do Juíz foi contada em um Documentário exibido pela HBO, chamado “Refém de si mesmo”. O Doc, resgata a atuação do juiz Odilon no combate ao crime organizado.

Pré-candidato ao Senado nas eleições deste ano, o magistrado chegou a ter a cabeça colocada a prêmio pelos narcotraficantes e andou sob proteção da Polícia Federal por 24 horas.

O ex-juiz segue sem proteção dos federais desde março de 2019 por determinação do CNJ (Conselho Nacional de Justiça), por conta disso, Odilon diz que passou a viver como prisioneiro na própria casa.

Para fazer a campanha para o senado ao lado do prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad (PSD), ele tem se deslocado com proteção de escolta feita por seguranças particulares.

Para o juiz Odilon, o documentário vai mostrar a dificuldade de se combater o crime organizado e transnacional na fronteira de Mato Grosso do Sul com o Paraguai. Na sua avaliação, a divulgação vai chamar a atenção das autoridades competentes e importante para chamar a atenção para a solução do problema.

Responsável pela prisão de líderes do narcotráfico, como Fernandinho Beira Mar e Juan Carlos Abadia, mesmo dentro das prisões de segurança máxima, eles oferecem recompensas milionárias por sua execução.

Há mais de 18 anos, a insegurança e o medo de vingança restringe sua liberdade e o condena a uma vida que se assemelha ao regime de prisão domiciliar.

Além de se tornar réu de si mesmo, por se manter incorruptível, não só ele, como sua família correm sérios riscos de vida.

Para ele, a forma que encontrou de proteger a ele e a família, e continuar combatendo o crime organizado foi se candidatar ao senado.

No documentário ele fala sobre como a corrupção na política favorece a ação dos bandidos mesmo dentro das prisões.

O documentário da HBO vai ficar restrito ao canal pago e streaming. O ex-magistrado tem esperança de recuperar a escolta 24 horas da Polícia Federal.

Assista o trailer:

*DA REDAÇÃO RH.

VOCÊ JÁ VISITOU O INSTAGRAM E O FACEBOOK DO RESILIÊNCIA HUMANA?

SE TORNE CADA DIA MAIS RESILIENTE E DESENVOLVA A CAPACIDADE DE SOBREPOR-SE POSITIVAMENTE FRENTE AS ADVERSIDADES DA VIDA.

RECOMENDAMOS









Bem-estar, Autoconhecimento e Terapia