Jovem exige que futura esposa saiba preparar seu prato preferido:”Homem que cozinha é tabu”.

O jovem, chamado Mazi Ifeanyi, disse que para uma mulher ser uma boa candidata a se casar com ele, ela tem que ficar com a mãe ou irmã “por cerca de 4 meses para aprender a preparar a sua comida preferida”.

Nos últimos anos, o mundo ocidental aproximou-se muito de valores progressistas e inclusivos, e suas sociedades rejeitam cada vez mais a discriminação e a violência de gênero.

No entanto, ainda existem pessoas que tendem a ter outros pensamentos e que não concordam com certos costumes que a sociedade está adotando aos poucos.

jovem-exige-que-futura-esposa-saiba-preparar-seu-prato-preferidohomem-que-cozinha-e-tabu
Twitter @jasfean

Um deles causou polêmica no Twitter. Mazi Ifeanyi, um jovem nigeriano que decidiu não guardar nada e revelou seus critérios para escolher uma esposa. Segundo informações do Yabaleft Online, suas declarações geraram polêmica na rede social.

Mazi disse em um post que era “muito seletivo” quando se tratava de encontrar uma esposa e decidir se quer se casar com uma mulher. Dentro desses parâmetros, um dos mais importantes tinha a ver com a alimentação.

Segundo a avaliação do jovem, os casamentos das gerações mais velhas eram mais duradouros porque as mulheres tratavam os maridos como “reis”.

“Sou bastante seletivo quando se trata da comida que como. Qualquer mulher com quem eu me casar terá que ficar com minha mãe ou irmã por cerca de 4 meses para aprender a preparar minha comida e saber minhas preferências”, lançou o jovem.

jovem-exige-que-futura-esposa-saiba-preparar-seu-prato-preferidohomem-que-cozinha-e-tabu1Geografia nacional

Não contente com isso, deixou claro que “qualquer mulher que não estiver preparada para aprender a preparar o seu prato preferido com sua mãe não pode ser sua esposa.

As respostas de alguns usuários não esperaram.

Algumas mulheres o chamavam de “macho” e disseram que ele era muito exigente com seus encontros. Aliás, houve quem lhe dissesse que em vez de exigir que a futura esposa ficasse com a mãe, devia ensiná-la a preparar o seu prato preferido.

Aparentemente, aquele comentário não agradou nem um pouco a Mazi, que continuou em sua linha polêmica e respondeu que: “Um homem ensinando sua esposa a cozinhar? Isso é um tabu, homem não tem nada a ver com cozinhar”, disse ele.

O que você achou da postura desse jovem?

*DA REDAÇÃO RH. Com informações UPSOCL.

VOCÊ JÁ VISITOU O INSTAGRAM E O FACEBOOK DO RESILIÊNCIA HUMANA?

SE TORNE CADA DIA MAIS RESILIENTE E DESENVOLVA A CAPACIDADE DE SOBREPOR-SE POSITIVAMENTE FRENTE AS ADVERSIDADES DA VIDA.








Bem-estar, Autoconhecimento e Terapia