Influencer diz que “não existe desculpa para ficar gorda” depois do parto!

Niki Zoumpouli, 28, ganha até seis dígitos por mês ensinando mulheres, incluindo muitas mães, como voltar à forma. Ela é uma influencer digital que orienta mães no pós-parto sobre como recuperar seus corpos pós parto. Ela afirmou que estar em casa com um bebê não é motivo para “se deixar levar e engordar”.

A guru da boa forma, que tem mais de 100.000 usuários em seu aplicativo de fitness, é originária da Grécia, mas agora mora em Miami, Flórida, EUA, e tem uma filha de dois anos.

Embora ela tenha dito que entendia as dificuldades de ser mãe pela primeira vez, ela também afirmou que as mulheres não deveriam usar isso como desculpa.

Em vez disso, ela disse que as mães deveriam incorporar o bebê em seus exercícios – usando seus filhos como “pesos livres”.

Em entrevista à Jam Press, Niki disse: “Os treinos em casa vão economizar muito tempo e estresse para conseguir uma babá.

Ela bate na mesma tecla sempre ao dizer que ser uma mãe que fica em casa com um recém-nascido não é razão para se deixar levar e engordar.

“Eu construí uma academia de ginástica top de linha na minha garagem porque esta é a minha carreira, mas tudo o que você realmente precisa é de alguns halteres e uma faixa de resistência para começar.

“Quero que minha filha me veja ter treinando e comendo direito. Seus filhos farão o que você fizer, então dê o exemplo, comece de onde você está e use o que você tem em casa”, explicou ela.

A influenciadora do condicionamento físico lutou com seu próprio peso depois de dar à luz sua filha em maio de 2019. Durante a gravidez, ela ganhou 30 kg.

A mãe também teve uma gravidez difícil com “enjôo o dia todo” no primeiro trimestre e dores pélvicas profundas à medida que a gravidez progredia.

Niki agora compartilha regularmente vídeos e fotos dela mesma treinando com sua filha em seu Instagram .

Muitas mulheres acham que não têm tempo, mas eu lhes mostro como lidar com o bebê.

Niki disse: “Você teria pensado que eu teria sido capaz de treinar durante a minha gravidez com minha experiência em fitness, mas as coisas acabaram sendo diferentes.

“Eu estava tão cansada, tive que escutar meu corpo e descansar. Então voltei a treinar seis semanas após o nascimento da minha filha e nunca imaginei que estaria tão fora de forma.

“Meu corpo parecia estranho – eu não conseguia me mover ou fazer o mesmo que fazia antes. Foi comovente ver anos e anos de trabalho árduo desaparecerem.

“Lembro-me de rir no meio do meu treino porque me sentia muito fraca. Foi um daqueles momentos em que você tinha que rir ou chorar.

“Olhando para trás, estou muito feliz por ter tido aquela experiência difícil, porque me fez entender muito mais minhas clientes e atender às suas necessidades.”

Niki fundou sua empresa, o aplicativo GoodFitness, com seu parceiro em 2018.

Ela disse: “A maioria das minhas clientes são mães que querem perder o peso da gravidez e ganhar confiança novamente.

“Tantas mulheres me mandam mensagens dizendo que estão deprimidas e não sabem por onde começar.

“Elas acham que não têm tempo, mas eu lhes mostro como se exercitar perto do bebê. Eu até uso minha filha, Aria, nos meus treinos.

“Ela tem estado comigo durante toda a jornada de crescimento do meu negócio e enquanto eu trabalhava em meus próprios objetivos corporais pós-parto.

“Ária é minha maior motivação.”

No entanto, embora Niki acredite que é extremamente possível voltar à academia após a gravidez, ela quer que as mulheres aceitem suas “imperfeições” – e percebam o poder de seus corpos.

Ela disse: “Fico ressentida com as mulheres que dizem que ter bebês arruína seu corpo.

“Tenho pele esticada, estrias e não me fale sobre olheiras, mas não estou arruinada e nem as mulheres que ajudo.

“Meu corpo é poderoso, me fez uma mãe e, na verdade, me sinto mais sexy, mais forte, mais confiante e mais saudável que já me senti.”

Nossos corpos não podem perder gordura e construir músculos ao mesmo tempo, então temos que nos concentrar em cada objetivo separadamente.

Niki conduz seus clientes por um processo de duas fases para atingir seus objetivos de fitness – uma fase de perda de gordura, seguida por uma fase de construção muscular – por meio de seu Programa de Corpo de Mãe.

Ela disse: “Nossos corpos não podem perder gordura e construir músculos ao mesmo tempo, então temos que nos concentrar em cada objetivo separadamente.

“Quando minha jornada de preparação física pós-parto começou, concentrei-me primeiro em reduzir a gordura corporal.

“Usei meu próprio programa para perder gordura e demorei cerca de quatro meses para perder peso.

“Então me concentrei em construir músculos e dar ao meu corpo a forma que eu queria.

“Entre a fase de perda de gordura e ganho muscular, demorei um ano inteiro para chegar ao meu objetivo físico.

“Eu digo aos meus clientes que a mudança não acontecerá da noite para o dia. Leva tempo e esforço consistente.

“É difícil, mas as mães não devem desistir de sua saúde porque estão em uma época da vida que as faz sentir que seus objetivos são muito difíceis de alcançar.”

“Se você perdeu a esperança, lembre-se de seus sonhos, suas paixões, seu estilo de vida, tudo é sua responsabilidade.

“Você decide”, disse ela ao The Sun.

*DA REDAÇÃO RH.

VOCÊ JÁ VISITOU O INSTAGRAM E O FACEBOOK DO RESILIÊNCIA HUMANA?

SE TORNE CADA DIA MAIS RESILIENTE E DESENVOLVA A CAPACIDADE DE SOBREPOR-SE POSITIVAMENTE FRENTE AS ADVERSIDADES DA VIDA.

RECOMENDAMOS









Bem-estar, Autoconhecimento e Terapia