Imagens dramáticas mostram o efeito devastador dos incêndios na floresta amazônica

Resiliência Humana

Embora seja comum ocorrer incêndios florestais no Brasil, durante a estação seca, este ano as coisas ficaram totalmente fora de controle. Já se passaram mais de três semanas desde as chamas começaram a se alastrar pela floresta amazônica e o efeito pode ser mais devastador do que qualquer um já pensou.

Visto do espaço, a situação atual é dramática.

De acordo com o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), os dados do satélite revelaram um aumento de 83% nos incêndios florestais este ano, em comparação com 2018. Foram registrados cerca de 72 mil incêndios desde janeiro de 2019, de acordo com o INPE.

A Amazônia era freqüentemente chamada de pulmão da Terra, pois sua floresta produz cerca de 20% do oxigênio na atmosfera do planeta, segundo a CNN.

Mais do que isso, a floresta tropical é considerada vital para desacelerar o aquecimento global e também abriga inúmeras espécies de fauna e flora.

De acordo com o Express News, os incêndios foram realmente “deliberadamente iniciados em esforços para desmatar ilegalmente a terra para a pecuária, conhecida como a maior causa de desmatamento em todos os países da Amazônia, respondendo por 80% das taxas atuais de desmatamento”.

Independentemente da origem do incêndio, seus efeitos são absolutamente devastadores. E as imagens abaixo falam por si:

*Via Homes Luxury. Traduzido e livremente adaptado por REDAÇÃO Resiliência Humana.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS







COMENTÁRIOS




Resiliência Humana
Bem-estar, Autoconhecimento e Terapia