Homem conhece garota grávida no Tinder e assume mãe e bebê!

Ele a acompanhou, ajudou e cuidou a gestão inteira e agora eles estão criando o bebê juntos. Ele decidiu apoiá-la!

Enquanto muitos pais biológicos abandanam seus filhos e a mulher, esse homem, resolveu ser diferente, se despiu de todos os esteriótipos e preconceitos e decidiu assumir a paternidade do bebê que não era dela, mas que já estava na barriga da mulher que ele conheceu no Tinder.

Max começou a namorar Alyssa (uma futura mãe solteira) quatro meses antes de ela dar à luz a seu bebê, Ollie. Com apenas 25 anos, Max se mostrou ser um homem muito íntegro e participou de tudo, inclusive, enfermeiras acharam que ele era o pai do recém-nascido.

Desde que o documentário da Netflix “The Tinder Scammer” foi lançado, vários internautas decidiram contar como foram suas experiências ruins com o aplicativo de namoro.

Mas para a jovem Alyssa Jane, a plataforma provou ser mais uma bênção do que uma dor de cabeça, e ela até encontrou seu parceiro de vida graças a ela.

ela-estava-esperando-um-bebe-e-sempre-disse-a-verdade-a-ele
Instagram: @alyssahodges01

Alyssa Jane tem apenas 20 anos e acaba de se tornar uma nova mãe em sua tenra idade. Mas a mulher, infelizmente, não teve o apoio do pai do bebê durante a gravidez. Por isso, embora grávida, a jovem criou um perfil no Tinder, onde nunca imaginou que encontraria o amor dois meses antes de dar à luz.

Max, de 25 anos, como muitos jovens de sua idade, tinha o aplicativo Tinder em seu celular. Foi lá que ele inesperadamente deu “match” com Alyssa, em sua descrição ela já havia informado que estava grávida, e mesmo sabendo que em breve ela daria à luz, ele quis a conhecer. Após o primeiro encontro, os jovens se conectaram e não se separaram mais.

homem-conhece-garota-gravida-no-tinder-e-assume-mae-e-bebe1
Instagram: @alyssahodges01

A união entre a jovem mãe e Max foi tão grande que o homem cumpriu o papel de pai nas últimas 8 semanas de gravidez de Ollie, filha de Alyssa. Inclusive, toda vez que a jovem achava que estava entrando em trabalho de parto, Max a levava imediatamente para o hospital, mesmo tendo apenas 4 consultas.

“Minha mãe estava de férias, então Max estava comigo a semana inteira, tive contrações e toda vez que eu pensava que estava prestes a dar à luz, ele me levava para o hospital e me levava de volta para casa. Ele tirou a semana inteira de folga do trabalho para ficar comigo.”, contou ao Daily Mail.

No dia do nascimento de Ollie, Max estava voltando de um trabalho comercial. Naquele dia, Alyssa deveria buscá-lo no aeroporto, mas sua bolsa estourou e ela teve que ir ao hospital.


Instagram: @alyssahodges01

“Eu mandei uma mensagem para ele e disse ‘Sinto muito, mas não vou poder te buscar, estou no hospital, minha bolsa estorou.’ E instantaneamente ele disse ‘Ok. Assim que chegar em casa vou desfazer as malas e correr pra lá.”

Max estava tão preocupado com Alyssa e Ollie que as enfermeiras do hospital tiveram certeza de que ele era o pai do recém-nascido. Max ainda tirou uma semana de folga do trabalho novamente apenas para estar com sua parceira nos primeiros dias após o parto e ajudá-la.


Instagram: @alyssahodges01

Alyssa nunca imaginou que estando solteira e grávida, encontraria o amor de sua vida 8 semanas antes de dar à luz. Mas, hoje ela pode dizer com segurança que Max entrou em sua vida para ficar e eles vão criar o Ollie juntos.

É uma linda história de amor e faz nascer a esperança em muitos corações.

Você acha que conseguiria se relacionar com uma mulher que está gravida de outro homem? E ainda criar o filho dela como se fosse seu?

*DA REDAÇÃO RH.

VOCÊ JÁ VISITOU O INSTAGRAM E O FACEBOOK DO RESILIÊNCIA HUMANA?

SE TORNE CADA DIA MAIS RESILIENTE E DESENVOLVA A CAPACIDADE DE SOBREPOR-SE POSITIVAMENTE FRENTE AS ADVERSIDADES DA VIDA.

RECOMENDAMOS









Bem-estar, Autoconhecimento e Terapia