Agora é oficial: Luciano Hang é condenado pela justiça e terá que indenizar o padre Júlio Lancellotti por danos morais

Em maio, o empresário bolsonarista Luciano Hang comentou uma notícia sobre o padre e criticou duramente o trabalho que o religioso presta, de auxílio a pessoas em situação de rua e de defesa de minorias.

O comentário feito pelo empresário, insinuava que o padre Júlio Lancellotti era um bandido, pois apoiava um bandido. Hang escreveu na época:

“Quem defende bandido, bandido é”, disse o empresário

A acusação feita por Hang aconteceu em uma troca de mensagens no Whatsapp entre empresários bolsonaristas, em maio deste ano.

(crédito: Leopoldo Silva/Agência Senado e Twitter/Reprodução)

Após ser informado da fala do empresário, padre Júlio o acionou judicionalmente, e o Tribunal de Justiça de São Paulo finalmente condenou, em primeira instância, a pagar R$ 8 mil por danos morais.

Segundo o Correio Brasiliense, Hang tem 10 dias para entrar com recurso contra a decisão, proferida pela juíza Eliana Adorno de Toledo Tavares.

O comentário feito por Hang era sobre uma notícia compartilhada no grupo que dizia: “Na São Paulo gélida, um padre e a (verdadeira) mão de Deus”, em referência ao padre Julio Lancellotti, que se dedica a auxiliar pessoas em situação de rua.

O empresário, aliado do presidente Jair Bolsonaro (PL) respondeu à notícia com agressividade, ele escreveu: “É a turma do Lula. Hipocrisia pura. Temos que ensinar a pescar, e não dar o peixe. Cada dia que passa é mais malandro vivendo nas costas de quem trabalha. Quem defende bandido, bandido é”, afirmou Hang.

Não só o padre foi criticado, como também a Igreja Católica: “A Igreja Católica é cúmplice das mazelas do PT. Foram os fiadores de tudo o que aconteceu. Não podemos generalizar, mas ajudaram bastante o PT a chegar ao poder”, afirmou.

O empresário está sendo alvo da Polícia Federal, recentemente após outras trocas de mensagens virem à tona — o conteúdo das mensagens foram entendidas pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) como perigosas à democracia.

Algumas falas ditas nesse grupo de whatsapp entre os empresários, revelam um possível “golpe” caso Bolsonaro não vença as eleições em outubro.

Sobre o “golpe”, Hang negou e disse “prego a democracia e a liberdade de pensamento e expressão”.

Sobre a condenação em primeira instancia a juíza afirmou “a afirmação ‘quem defende bandido, bandido é’ constitui claro abuso ao exercício da liberdade de expressão, atingindo a honra do autor”.

O valor da indenização é muito baixo

Hang, segundo a Revista Forbes, possui uma fortuna estimada em US$ 4,8 bilhões, e uma indenização de R$ 8 mil parece abaixo do esperado, visto que a justiça sempre avalia “as condições financeiras das partes refletidas pelas ocupações declaradas e de conhecimento público”, informou CB.

Sobre o valor da indenização, a juíza disse. Que “sirva de conforto a quem é ofendido, sem implicar em seu enriquecimento indevido”. Segundo ela, o objetivo é “a alteração da conduta de quem ofende, sem redundar em sua bancarrota”.

Padre Julio Lancellotti disse ao Correio Brasiliense que mesmo cabendo recursos, a sentença já é importante “na medida em que sinaliza a importância da ética nas redes sociais”. Elas são para aproximar, comunicar, divulgar e não para ofender, destruir e desqualificar. As redes são sociais, não antissociais”, concluiu o padre.

*DA REDAÇÃO RH.

VOCÊ JÁ VISITOU O INSTAGRAM E O FACEBOOK DO RESILIÊNCIA HUMANA?

SE TORNE CADA DIA MAIS RESILIENTE E DESENVOLVA A CAPACIDADE DE SOBREPOR-SE POSITIVAMENTE FRENTE AS ADVERSIDADES DA VIDA.

RECOMENDAMOS









Bem-estar, Autoconhecimento e Terapia