Gostaria de ver as pessoas trocarem a BLACK FRIDAY pela BLACK FREUD.

Resiliência Humana

Por: Isaias Costa

Hoje eu vi um vídeo que me deixou bem pensativo sobre as PRIORIDADES dos brasileiros. Nesse dia da black friday, uma loja que pelo vídeo me parecia ser as “Americanas”, estava com centenas de pessoas do lado de fora contando os segundos para que abrissem as portas.

No momento em que abriram, todas saíram correndo e literalmente atropelando umas às outras. Tenho a mais absoluta certeza que alguém saiu de lá com alguma roncha pelo corpo!

Muitas compram um monte de coisas desnecessárias, endividam-se, passam meses tendo que pagar as prestações pelas supostas “promoções” desse dia, e continuam infelizes, buscando nas coisas o preenchimento dos seus vazios interiores!

Eu sou praticamente um minimalista, só compro algo quando realmente estou necessitando desse algo, e sempre com cautela, para não me endividar. Dessa forma, sobra dinheiro para investir em livros, em cursos, em workshops etc.

De uns tempos pra cá eu cansei de convidar amigos para esse tipo de coisa. Quando acontece cursos e workshops em Fortaleza, que é onde moro, quase sempre vou sozinho, porque meus amigos acham que é caro de mais…

Sim! É caro mesmo!! Uma palestra do Lama Padma Samten com entrada a R$ 30,00 é muito caro. Uma palestra gratuita da Viviane Mosé ou da Monja Coen é muito caro. Uma palestra de mais de 2h de graça com a Profa. Lúcia Helena Galvão é muito caro!

Prioridades! Sim! Prioridades. Mas não é caro pagar R$ 2500,00 num notebook de última geração da ACER. Ou um ar-condicionado de R$ 1300,00 da ELGIN. Ou uma geladeira de R$ 1700,00 da Esmaltec…

Um dos meus sonhos é que as pessoas um dia queiram pelo menos por uma vez trocar o BLACK FRIDAY pelo BLACK FREUD…

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




Resiliência Humana
Bem-estar, Autoconhecimento e Terapia