Garota de 17 anos já conseguiu alimentar 12 mil pessoas

Resiliência Humana

Com apenas 17 anos uma jovem já ajudou a alimentar 12 mil pessoas que passavam fome nas ruas dos Estados Unidos.

Shreyaa Venkat começou esse belo trabalho aos 9 anos de idade, seguindo os passos dos pais e hoje administra quatro programas voluntários diferentes nas horas vagas do colégio.

Ela criou uma ONG, a NEST4US, que forneceu alimentos e suprimentos a 12 mil desabrigados de Washington, D.C..

A missão

A paixão de Shreyaa Venkat por ajudar os outros começou desde pequena, vendo os pais que são voluntários ativos.

Na quinta série ela ficou tão entusiasmada com as boas ações que começou a organizar seus próprios projetos, recrutando amigos, familiares, a vizinhança e empresários.

“Gosto de fazer coisas boas, mas prefiro fazê-las com amigos. Isso me traz muita felicidade e alegria para ajudar”, conta.

Fome

O NEST4US nasceu quando ela percebeu a quantidade de desperdício de alimentos, quantas pessoas com fome e como seria simples usar o primeiro para ajudar o segundo.

“Havia um sem-teto parado em uma esquina em Washington DC e ele estava segurando uma placa que dizia ‘Hungry Need Food’ – Faminto precisa de comida, em tradução livre”, lembra ela.

Shreyaa Venkat nas ruas – Foto: Nilaya Sabnis

“Então, eu dei um almoço para ele – era apenas uma banana, uma barra de granola e uma água – e todo o rosto dele se iluminou. Eu descobri que ele não comia há uma semana! Era tão fácil, que levei apenas 30 segundos, e isso realmente o ajudou. ”

Arregaçou as mangas

Em conversa com empresários, pessoalmente, ela passou a pedir doações.

Voluntários começaram a pegar a comida excedente – desde pães, saladas ensacadas e pratos quentes – e entregar em abrigos e despensas locais.

“Felizmente, existem tantas pessoas que querem ajudar, tudo que você precisa fazer é pedir a elas.”


Shreyaa Venkat na ONG – Foto: Nilaya Sabnis

“Temos 1,5 vezes a quantidade de comida que precisamos para alimentar todas as pessoas no planeta, é apenas uma questão de distribuição”, diz ela com naturalidade.

Mensagens positivas

Servir aos outros tornou-se um modo de vida para ela que comemorou seu 13º aniversário em um abrigo para sem-teto, levando a festa para eles em vez de esperar presentes para si mesma – uma tradição que ela e sua irmã continuam desde aquela época.

Shreyaa sabia que aquelas pessoas precisavam de mais do que apenas comida, de carinho. Então, ela recrutou voluntários com idades entre 4 e 70 anos para escrever as mensagens que são anexadas às doações.

“Para todos que dizem não saber como ajudar, eu digo a eles para escreverem notas de encorajamento – qualquer pessoa em qualquer lugar pode fazer isso e isso realmente significa muito”, diz ela.

Recentemente, um homem sem-teto em um abrigo se aproximou dela para dizer que ele tinha guardado todas as mensagens que recebeu: “Elas realmente me ajudam a levantar, para saber que as pessoas se importam comigo”, afirmou.

Por mais que ela tenha ajudado aos outros, eles também a ajudaram, diz a adolescente.

Além da alegria e da satisfação pessoal com seu trabalho voluntário, a jovem Shreyaa também diz que administrar o NEST ensinou suas importantes habilidades para a vida, como gerenciamento de tempo.

*Originalmente publicado por Só Notícia Boa. Com informações do MSN

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS







COMENTÁRIOS




Resiliência Humana
Bem-estar, Autoconhecimento e Terapia