Forte é aquele que usa a sua tragédia pessoal como impulso transformador!

Ser forte não é aguentar tudo calado! Ser forte é usar a dor para promover o amor!

Quando a gente julga, se foi merecido ou não o que passamos, acabamos nos esquecendo de retirar a lição da situação, e nos apegamos apenas a dor da injustiça sofrida.

O ego, aceita a postura de vítima e nos leva a acreditar que é impossível vencê-la. Mas aquele que olha para a lição com amor, além de superar a dor, consegue usar a sua tragédia pessoal como um impulso transformador.

“A injustiça num lugar qualquer é uma ameaça à justiça em todo o lugar.” Martin Luther King.

Ninguém merece ser açoitado pela injustiça, e quem a comete, comete dano não só a vitima de sua ação, mas também a si mesmo.

Porém, quando sofremos uma injustiça e não tiramos a lição, e aceitamos o papel de “injustiçados, acabamos favorecendo que a justiça se perpetue.

Quando o injustiçado aprende com a experiência e age positivamente diante da situação de injustiça que sofreu, ele entende o seu poder de resiliência, e passa a fazer da adversidade que sofreu, uma missão!

Ele sai do papel de vítima e se coloca no papel de líder, capaz de levar multidões ao combate de injustiças enraizadas e estruturadas em nossa sociedade.

Foi o que fez King e tantos outros e outras figuras ilustres ao longo da história.

Se você sente que sofreu uma injustiça, ou vem se sentindo injustiçado, mire-se no exemplo daqueles que foram resilientes e desenvolveram a capacidade de superar os desafios que a vida lhes apresentou.

Não fique parado reclamando sozinho, não aceite o papel de vítima, não se revolte em silêncio, porque essa escolha te fará conivente!

Ao se calar, você permite que mais injustiças aconteçam.

Manifeste e expresse a sua indignação às injustiças do mundo! Grite em praça pública! Faça a sua voz ser ouvida aos quatro ventos!

Diga que você não aceitará mais tamanha ignorância!

Chame para perto, pessoas, que passaram pelas mesmas situações, ou, por situações parecidas.

“OS TOLOS SE MULTIPLICAM QUANDO OS SÁBIOS FICAM EM SILÊNCIO!” NELSON MANDELA

Faça da sua dor uma “amoração”, e com atitudes positivas, transforme todo o ódio em amor!

Quem aguenta calado, se rende ao medo, mas quem coloca a boca no trombone com firmeza e amorosidade, escolhe a coragem para se tornar o herói de si mesmo, para depois, ajudar a salvar uma nação inteira.

Quem é você? O que se cala ou o que transforma injustiças em “amoração”?

Quem pensa que é forte por conseguir aguentar as injustiças calado está apenas se engando e somatizando doenças físicas para si mesmo.

Forte é quem busca na coragem o impulso de transformar a própria realidade e, assim, acaba transformando a realidade de muitas outras pessoas que sofreram e sofrem opressões parecidas.

*DA REDAÇÃO RH. Texto de Iara Fonseca, jornalista, escritora e taróloga. Sentiu o chamado? Agende uma consulta de Tarô Espiritual por direct @escritoraiarafonseca

VOCÊ JÁ VISITOU O INSTAGRAM E O FACEBOOK DO RESILIÊNCIA HUMANA?

SE TORNE CADA DIA MAIS RESILIENTE E DESENVOLVA A CAPACIDADE DE SOBREPOR-SE POSITIVAMENTE FRENTE AS ADVERSIDADES DA VIDA.

RECOMENDAMOS









Jornalista, escritora, editora chefe e criadora de conteúdo dos portais RESILIÊNCIA HUMANA e SEU AMIGO GURU. Neurocoaching e Mestr em Tarot. Para contratação de criação de conteúdo, agendamento de consultas e atendimentos online entrem em contato por direct no Instagram.